Carro do futuro é o elétrico, apesar da evolução dos motores a combustão

"Os atuais motores a combustão interna ainda vão receber muitos aperfeiçoamentos antes de abandonar o automóvel"

Por Boris Feldman01/02/19 às 06h15

O carro do futuro provavelmente não usara o motor a combustão. Mas até lá, esses propulsores continuarão sendo aprimorados pelos engenheiros.

[TRANSCRIÇÃO]

Não resta dúvida que o carro do futuro é o elétrico. Mas, não resta dúvida também de que os atuais motores a combustão interna ainda vão receber muitos aperfeiçoamentos antes de abandonar o automóvel. Um dos mais recentes é o sistema de microondas.

Não tem nada a ver com aquele forno da sua cozinha, não! É o sistema que vai substituir a vela de ignição, aquela que produz a faísca para queimar a mistura dentro do motor. E a empresa alemã que está desenvolvendo este sistema, diz ter obtido uma redução de até 30% no consumo de combustível, e de 80% nas emissões.

Pois, a combustão tem menor temperatura, é mais rápida e mais uniforme. E com uma grande vantagem: não é necessário projetar um novo motor. Mas, apenas retirar a vela e colocar em seu lugar o sistema de emissão de microondas.

Carro do futuro
Avalie o conteúdo:
PéssimoRuimRegularBomExcelente (Seja o primeiro a avaliar)
Loading...
Clique na estrela para avaliar.
Boris Feldman

Jornalista e engenheiro com 50 anos de rodagem na imprensa automotiva. Comandou equipes de jornais, televisão e apresenta o programa AutoPapo em emissoras de rádio em todo o país.

Boris Feldman
2 Comentários
Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se identificar algo que viole os termos de uso, denuncie.
  • Avatar
    Evonio Souza de Carvalho 1 de fevereiro de 2019

    Concordo plenamente. Este assunto ainda precisa ser MUITO estudado. Até o momento só tenho visto soluções fantasiosas cheias de boas intenções, mas na prática não trazem uma solução efetiva e duradoura.
    Servem mais ao marketing de algumas montadoras que querem passar a imagem que estão no estado da arte da tecnologia.

  • Avatar
    Ricardo Achcar 1 de fevereiro de 2019

    Por enquanto um engodo CUSTO/BENEFÍCIO.
    Autonomia é uma piada e o custo duplica a piada. Além disso a reciclagem das baterias não é um problema a solucionar, é um desastre de proporções monumentais se esta configuração tomar corpo antes DA HORA.
    Não existe na face do planeta nada que possa poluir mais do que um carro com 50% a mais de PESO em baterias esfolar carvão PRETO DOS PNEUS, a maior COMPOSICAO DO MESMO. Conheça reciclagem de pneus. Quando solucionarem a redução do lixo por plasma a 6000 graus o planeta e seus pneus juntamente com seu blog…talvez sobrevivam!

Avatar
Deixe um comentário