A frequência da troca de óleo é a mesma para carros que rodam pouco?

Você pensa que rodar poucos quilômetros em 12 meses altera alguma coisa em relação ao prazo para a troca do óleo do motor?

Por Boris Feldman11/12/18 às 11h30

Há uma dúvida que acomete muitos proprietários de automóveis: se o carro rodar poucos quilômetros em um ano, a frequência da troca do óleo deve ser a mesma?

[TRANSCRIÇÃO]

Se você é daqueles que rodam muito pouco com seu automóvel, de três a quatro mil quilômetros por ano, por exemplo – e são muitos os motoristas nessa situação – você também deve ter aquela velha dúvida da troca do óleo.

Tanto o fabricante do automóvel, como o do óleo, recomendam trocar o óleo do motor a cada 10 mil quilômetros rodados ou 12 meses – o que vencer primeiro.

Então, depois de rodar um ano, o seu hodômetro está marcando 3.200 quilômetros. Você pensa:

– Já se passaram 12 meses e rodei tão pouco? Será que eu tenho mesmo que trocar o óleo do motor ou eu vou estar jogando dinheiro no lixo?

Sabe por que o óleo tem que ser trocado? Porque ele funciona à base de aditivos. Esses aditivos são iguais a remédios: expiram, perdem a validade. Então, troque o óleo, mesmo que você tenha rodado muito ou pouco nesses 12 meses.

a frequência da troca
Avalie o conteúdo:
PéssimoRuimRegularBomExcelente (1 votos, média: 5,00 de 5)
Loading...
Clique na estrela para avaliar.
Boris Feldman

Jornalista e engenheiro com 50 anos de rodagem na imprensa automotiva. Comandou equipes de jornais, televisão e apresenta o programa AutoPapo em emissoras de rádio em todo o país.

Boris Feldman
14 Comentários
Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se identificar algo que viole os termos de uso, denuncie.
  • Avatar
    Kleiton 19 de março de 2019

    Tenho uma moto parada com uma média de 6 meses, sei q preciso colocá-la para funcionar, mas quando parei de usar, tinha trocado o óleo do motor e guardei, para ligar o motor agora eu tenho que colocar um óleo novo?

  • Avatar
    Alex Severo 16 de março de 2019

    Tenho um Honda Civic 1.7, ano 2005, automático, com aproximadamente 86.000 km registrados no odômetro, e sempre substituo óleo e filtro a cada 6 meses, pois rodo pouco e nunca alcança a marca de 5.000 km no período. Utilizo óleo sintético 5w30, valvoline syn power, API SN, importado dos EUA, e filtro original fram específico para o honda civic (já que tem muitas lojas que tentam empurrar o filtro do uno fire, que a princípio possui a mesma rosca mas menos furos e de menor diâmetro). Ainda, a cada 02 anos, faço aplicação de militec-1 no motor e direção hidráulica. Recentemente mandei aferir as válvulas (motor honda deve ser realizado a cada 40.000 km) e após abrir a tampa de válvulas pude perceber que o motor está extremamente limpo, com aspecto de motor zero km. Por rodar pouco com meu veículo e na maioria das vezes em trajetos curtos, se enquadro na condição de uso severo, o que necessita reduzir o intervalo de troca de óleo e filtro pela metade, no caso a cada 06 meses.

  • Avatar
    Paulo 24 de fevereiro de 2019

    Tinha um escore 1000 desde zero. Sempre troquei óleo após 10 mil km, aquele super shell de 5 mil km. Rodei com ele 150 mil km em 20 anos. Nunca precisei completar óleo… aliás, só troquei pastilhas uma vez e lonas nunca. Também lavava muito pouco. E descobri que quem comprou, ainda não fez nada no motor. Viagem mais longa foi de sp-Camaçari, Barreiras, Brasília. Também muito nas estradas de terra em MS…. Então, não é bem assim… Técnicos da bardhal (??? não lembro a grafia) me disseram outra coisa nos anos 70 qdo do desenvolvimento de motores a álcool.

  • Avatar
    Leandro Resende 16 de dezembro de 2018

    Boris tudo bem eu tenho um gol g5 2011 eu rodo pouco com ele eu troco óleo dele de 6em 6 meses uso óleo recomendado pela Volks está certo o que estou fazendo

  • Avatar
    Douglas Charles Cunha 11 de dezembro de 2018

    O prazo de validade do óleo começa a contar após a troca? Devemos respeitar a data de validade impressa na embalagem? Se sim, considerar qual validade, a do período após a troca ou a da embalagem?

  • Avatar
    nelson monteiro batista de souza 11 de dezembro de 2018

    Uma dúvida por favor; Como vc afirma que o óleo tem validade como remédios minha pergunta é: E o óleo guardado na embalagem ainda não utilizado? Também tem validade? Não me recordo de ter visto data de validade na embalagem de óleos automotivos

    • Avatar
      OMAR 11 de dezembro de 2018

      TEM DATA DE VALIDADE SIM NA EMBALAGEM

  • Avatar
    Tatiane 10 de dezembro de 2018

    Oiê Boris! Tenho uma Edge que fiz a troca do kit de óleo de motor quando ela tinha 55.000km e ando bem pouco e agora ela esta com 58.000kg e já tem mensagem no display do carro que tenho que fazer a troca urgente.Quando troquei fui avisada de que o carro andaria por 10.000 km até a próxima troca e eu não andei bem a metade e já vou ter que trocar. Ele ta fino e baixo mas não há nenhum vazamento. Sinceramente nao sei o que está ocorrendo. Preciso de sua opiniao. Grata

  • Avatar
    Fernando Ferreira da silva 8 de maio de 2018

    Informações importantes

  • Avatar
    Fausto Vanderlei 5 de abril de 2018

    Olá. Tenho um GM vectra 2001. O manual recomenda a troca em 10000km ou seis meses, o que acontecer primeiro. Contudo, se as condicoes forem severas, recomendam a troca a cada 4000km ou 03 meses. Na época do carro era recomendado óleo API SJ no mínimo (mineral), salvo engano. Se eu usar um óleo semissintético, API SN, há a necessidade de da troca em um período tão curto? Ou eu posso trocar nos 6 meses, ja que não rodo, nem de longe, os 10000km?

  • Avatar
    Germano Benevides Bezerra Bezerra 9 de janeiro de 2018

    Bom dia, tudo bem Boris!?

    À poucos meses fiz uma aquisição, de um Argo 1.0, e tenho um dúvida no ar, a concessionária diz que tenho que trocar o óleo e filtro a cada 5.000km, e no manual diz que é cada 10.000km. Qual o correto??

    • André Almeida
      Boris Feldman 11 de janeiro de 2018

      Quando o manual fala em 10 mil km, ele se refere ao carro que roda em condições normais. Se o seu é submetido a condições severas, então a frequência de troca deve ser reduzida mesmo à metade.

    • Avatar
      Marcelo Granzoto 3 de maio de 2019

      Bom dia!
      Para veículos que são utilizados somente nas cidades, onde trafegam nos grandes congestionamentos e pequenas distâncias, como por exemplo, menos de 6 km por viagem,caracteriza-se uso severo, sendo recomendada executar a troca pela metade da quilometragem indicada no manual, 5.000 km ou 6 meses o que ocorrer primeiro. Uso normal como nas vias de velocidade constante, 10.000 km ou 12 meses, ou o que ocorrer primeiro.

Avatar
Deixe um comentário