Garantia do carro: quais regras não podem ser quebradas?

Infringir as regras estabelecidas pelo fabricante leva a perda da garantia do carro antes do prazo estabelecido

Por BORIS FELDMAN22/10/18 às 21h30

Instalar uma peça não original somente para economizar dinheiro pode terminar com a garantia do carro. Mas, não é só assim que você pode perdê-la.

[TRANSCRIÇÃO]

Ouvinte do nosso AutoPapo diz que por duas vezes ele já perdeu a garantia do carro. Ele foi informado lá na concessionária que infringiu algumas das regras estabelecidas pelo fabricante, e quer  saber quais são. A rigor, elas deveriam estar bem explicadas no manual, mas não estão. Mas, vamos tentar resumi-las aqui: a primeira, é levar o carro para uma revisão fora da oficina de uma concessionária. A outra é colocar, ainda que na própria concessionária, um acessório que não seja homologado pelo fabricante.

Terceiro, utilizar uma peça não original, que não esteja na embalagem da fábrica. Não levar o carro para a revisão na quilometragem ou prazo estabelecido, também faz perder a garantia. Atravessar um trecho alagado com a água acima da metade das rodas, é objetivamente um mau uso do carro. Mas outras argumentações de mau uso são as mais cabulosas.

Garantia do carro
Foto Shutterstock

Boris Feldman

Jornalista e engenheiro com 50 anos de rodagem na imprensa automotiva. Comandou equipes de jornais, televisão e apresenta o programa AutoPapo em emissoras de rádio em todo o país.

Boris Feldman

0 Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se identificar algo que viole os termos de uso, denuncie.
Deixe um comentário