Marcha a ré pode te ajudar a subir morros em dias chuvosos

O periodo chuvoso pode complicar a vida do motorista em determinadas situações do dia a dia. Mas calma, a marcha a ré pode te ajudar

Por Boris Feldman21/02/20 às 08h30

Quem gosta dessa época de chuvas é oficina de reparo de automóveis. Pois se reduz o atrito do pneu quando o piso está molhado, o freio perde eficiência e aumentam os acidentes.

Um outro probleminha do piso molhado, principalmente o de paralelepípedo, é que numa ladeira mais íngreme o motorista não consegue arrancar, pois as rodas ficam deslizando no chão.

Mas é um problema que costuma ter solução, se der para o motorista virar o carro com a frente para baixo e tentar arrancar de marcha a ré.

E sabe por que? Com a frente para cima as rodas perdem peso em relação ao piso, e deslizam por falta de atrito. Com o carro virado, o centro de gravidade se desloca para o lado das rodas motrizes e os pneus ganham aderência.

carro rua ingreme morro tracao shutterstock Marcha a ré
Boris Feldman

Jornalista e engenheiro com 50 anos de rodagem na imprensa automotiva. Comandou equipes de jornais, televisão e apresenta o programa AutoPapo em emissoras de rádio em todo o país.

Boris Feldman
1 Comentário
Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Comentários com palavrões e ofensas não serão publicados. Se identificar algo que viole os termos de uso, denuncie.
  • Avatar
    Dácio Marques 23 de fevereiro de 2020

    Só faltou informar que carro com tração traseira não precisa virar de ré.

Avatar
Deixe um comentário