Pneu original de fábrica x pneu de reposição: qual dura mais?

Será que tem diferença na durabilidade dos pneus que já vem de fábrica no automóvel, daqueles vendidos em lojas e supermercados?

Por Boris Feldman15/10/19 às 21h00

Existe uma conversa de que os pneus instalados pela fábrica, na linha de montagem, são melhores e oferecem maior durabilidade do que aqueles comprados depois para a reposição. Isso é verdade? Não, isso não é verdade. O problema está na qualidade dos pneus comprados para reposição, para substituir o jogo original.

Se o dono do carro comprou os pneus de mesma marca e o mesmo modelo que o instalado na linha de montagem, eles terão a mesma durabilidade e vão oferecer o mesmo desempenho dos pneus originais. Mas, o problema é que na reposição existem todos os tipos de pneus. Desde aqueles idênticos aos originais, até aqueles de qualidade mais que duvidosa. E tem até loja vendendo remoldado como se fosse um pneu zero quilômetro.

Pneu original de fábrica
Avalie o conteúdo:
PéssimoRuimRegularBomExcelente (3 votos, média: 3,33 de 5)
loadingLoading...
Clique na estrela para avaliar.
Boris Feldman

Jornalista e engenheiro com 50 anos de rodagem na imprensa automotiva. Comandou equipes de jornais, televisão e apresenta o programa AutoPapo em emissoras de rádio em todo o país.

Boris Feldman
1 Comentário
Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se identificar algo que viole os termos de uso, denuncie.
  • Avatar
    Pércio Guimarães Schneider 17 de outubro de 2019

    Mesmo que sejam idênticos aos originais não terão a mesma durabilidade. E o motivo não tem nada a ver com os pneus, e sim com a condição mecânica do veículo, já com algum desgaste em peças e sistemas que exercem influencia direta no resultado dos pneus. Suspensão principalmente. Amortecedores, buchas, coxins já não tem a mesma eficácia, sem contar com o surgimento de folgas em componentes como rolamentos, por exemplo. São apenas alguns exemplos, dentre tantos outros

Avatar
Deixe um comentário