Trecho alagado: Saiba como passar por ele

Ao passar por trechos alagados, é preciso tomar cuidado para que a água não entre pelo escapamento. Porém, é preciso se atentar para um outro problema

Por BORIS FELDMAN13/10/18 às 19h30

Ao passar por um trecho alagado, é preciso se precaver para que a água não entre pelo escapamento. Mas, há uma outra consequência que resulta em acidente.

[TRANSCRIÇÃO]

Outro dia a gente recomendou aqui, como passar num trecho alagado. E a dica foi de engrenar uma marcha forte, primeira ou segunda, passar durante todo o trecho acelerando, sem passar a marcha, nem tirar o pé do acelerador. Pra quê? Pra evitar a possibilidade da água ir pelo escapamento parar dentro do motor. Entretanto, tem uma outra dica que é depois de passar pelo trecho alagado, tomar um outro cuidado. Porque a água molhou todos os componentes do sistema de freios. Isso significa que se você precisar de frear o carro 50, 100, 200 metros depois, o freio pode ter perdido sua eficiência.

E já teve muito caso de um automóvel batendo na traseira do outro exatamente por isso. O carro tinha acabado de passar por um trecho alagado, precisou de frear lá na frente, e cadê freio? E como é que se resolve isso? Assim que você sair do trecho alagado, continue acelerando com o pé no fundo de primeira ou segunda, e pise no pedal do freio ao mesmo tempo.

Porque você força os componentes do freio a se atritarem uns contra os outros. Este atrito gera um calor, e este aquecimento faz então a água se evaporar. O que seca estes componentes e o sistema de freios volta a funcionar normalmente.

Trecho alagado

Boris Feldman

Jornalista e engenheiro com 50 anos de rodagem na imprensa automotiva. Comandou equipes de jornais, televisão e apresenta o programa AutoPapo em emissoras de rádio em todo o país.

Boris Feldman

0 Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se identificar algo que viole os termos de uso, denuncie.
Deixe um comentário