Placas padrão Mercosul passam a ser adotadas na Paraíba

Estado é o nono a trocar as antigas chapas pelo novo modelo; estampadores ficam responsáveis pelo envio das chapas às concessionárias paraibanas

Por AutoPapo14/11/19 às 13h50

A Paraíba acaba de aderir ao modelo de placas padrão Mercosul. O Departamento Estadual de Trânsito (Detran-PB) é o nono órgão do país a adotar a nova estampa, a exemplo do Rio de Janeiro, Amazonas, Bahia, Espírito Santo, Paraná, Rio Grande do Norte, Rio Grande do Sul e Piauí.

As novas placas, como já explicado pelo AutoPapo, vêm com fundo branco e uma faixa azul na parte superior, com o nome Brasil ao centro e a bandeira do país à direita. A identificação do Mercosul aparece na ponta esquerda da mesma faixa.

Logo abaixo, vem o QR Code e, na área de fundo branco, a sequência de identificação aparece com um novo padrão: sai o esquema com três letras e quatro números e entra um formato com quatro letras e três algarismos, sendo que o último caractere será um número, para não prejudicar programas de rodízio municipal.

placa mercosul 1


A segurança da Placa de Identificação Veicular (PIV) é garantida pelo QR Code, tecnologia que permite a rastreabilidade do processo de estampagem, o que dificulta a falsificação da placa.

De acordo com resolução do Contran, a partir de 31 de janeiro de 2020, o modelo de placa será exigido para todos os novos veículos. No caso dos veículos em circulação, a exigência ocorre nos casos de substituição em decorrência de mudança de categoria do veículo, furto, extravio, roubo ou dano da placa, ou quando houver mudança de município.

Quanto às cores das molduras e caracteres, elas mudam conforme o tipo de veículo. Para os particulares serão pretos. Já aqueles destinados a fins comerciais — como táxis e ônibus — terão moldura e caracteres em vermelho. Veículos diplomáticos seguirão a cor laranja; carros oficiais receberão a cor azul; veículos especiais, a verde, e os carros de colecionadores terão cor prata.

Logística das placas padrão Mercosul na Paraíba

O superintendente do Detran-PB, Agamenon Vieira, reuniu os representantes da categoria de despachantes para discutir e dirimir dúvidas sobre a implantação das placas do padrão Mercosul para o primeiro emplacamento.

Ficou acertado com o Sindicato dos Despachantes Documentalistas da Paraíba (Sinddesp) e o Conselho Regional de Despachantes Documentalistas da Paraíba (CRDD) que a empresa estampadora ficará responsável pelo envio das placas para as concessionárias, a fim de evitar que os despachantes precisem dar várias viagens para concluir o processo.

Agamenon Vieira pediu a compreensão dos despachantes, no sentido de fazer com que o processo de mudança para o modelo Mercosul seja o menos traumático possível. “Existem coisas que o Detran não tem a prerrogativa de resolver. Eles decidiram mudar e nós temos que tentar fazer da melhor maneira possível, dentro da legalidade e da segurança jurídica, tentando diminuir as dificuldades para o usuários e todos os demais envolvidos, a exemplo dos despachantes, que são os intermediários desse processo. Vamos trabalhar em conjunto nessa passagem”, enfatizou.

A intenção da determinação é evitar os problemas ocorridos em outros Estados, que até hoje enfrentam dificuldades.

Foto Alexandre Carneiro | AutoPapo

Avalie o conteúdo:
PéssimoRuimRegularBomExcelente (1 votos, média: 5,00 de 5)
loadingLoading...
Clique na estrela para avaliar.
2 Comentários
Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se identificar algo que viole os termos de uso, denuncie.
  • Avatar
    LUIZ melo 3 de dezembro de 2019

    O plicativo não funciona direto

  • Avatar
    Waslon T. A. Lopes 16 de novembro de 2019

    Gasto desnecessário. Estamos muito longe dos outros países da AL. Meu carros nunca saíram do nordeste.

Avatar
Deixe um comentário