BMW F 850 GS e F 750 GS: irmãs (quase) siamesas

Os modelos chegam até o fim do ano e compartilham motor, quadro, visual e outros sistemas, mas as potências são diferentes, assim como as suspensões e rodas

Por Teo Mascarenhas18/09/18 às 20h00

Com mais de 90 anos de estrada, a alemã BMW ainda não tinha utilizado um motor com dois cilindros paralelos. A história mudou com o lançamento da nova família F 800, que incluiu o modelo F 800 GS, apresentado em 2007. O motor, até então produzido em parceria com a austríaca Rotax, agora dá um salto e passa para 850 cm³, gerando mais potência e torque. O novo coração também foi acompanhado de uma reforma total no modelo, que passou a ser chamar F 850 GS, que ganhou novo quadro, tanque, painel, iluminação, suspensões e eletrônica, além da irmã (quase) siamesa F 750 GS.

Os dois novos modelos, lançados no fim de 2017, serão produzidos na fábrica da marca em Manaus (AM) a partir do último trimestre deste ano, em substituição aos “antigos” modelos F 800 GS e F 700 GS. O assombro é que na verdade não são duas motos, mas apenas uma, com dois nomes.

A mágica é utilizar o mesmo motor, com 850 cm³, com redução eletrônica na potência, para chamar de 750. Porém, junto com a menor cavalaria, o preço também é reduzido (ainda não anunciado), além de contar com rodas em liga leve de menor diâmetro, banco mais baixo e outras alterações.

F 850 GS

A reforma na F 850 GS foi profunda, geral e irrestrita. O novo propulsor passou de 798, para 853 cm³ e a potência de 85 cv a 7.500 rpm, para 95 cv a 8.250 rpm. O torque foi para 9,4 kgfm a 6.250 rpm, com entrega mais presente em função de novo arranjo (intervalo de ignição), na movimentação dos pistões.

O quadro foi completamente redesenhado, ganhando viga central e o motor como parte da estrutura para aumentar a rigidez e reduzir peso. Com isso, o tanque que era em baixo do banco, voltou à posição convencional, mas, perdeu um litro na capacidade, passando para 15 litros.

BMW F 850 GS foi completamente atualizada
BMW F 850 GS

A modernização alterou a posição do escape e da transmissão final. A corrente foi para o lado esquerdo e o escape, de saída alta, para direita. O câmbio de seis marchas ganhou o sistema quickshifter, que permite cambiar sem desacelerar e sem usar a embreagem, que por sua vez é assistida e deslizante.

A suspensão dianteira tem nova fixação no quadro, aumentando a distância entre eixos em 20 mm, para proporcionar maior conforto. Na dianteira, garfo invertido com tubos de 43 mm de diâmetro e 204 mm de curso. Na traseira, sistema mono em nova balança, com 219 mm de curso.

O modelo F 850 GS, também ganhou um banco 20 mm mais baixo, rodas de alumínio raiadas, com fixação dos raios que permitem utilização de pneus sem câmara, com aro 21 na dianteira e 17 na traseira. O painel ganhou tela TFT de 6,5 polegadas e a iluminação LEDs. A eletrônica incorporou a IMU, unidade de medida inercial que ajusta automaticamente os níveis de interferência dos modos de pilotagem Dynamic, Enduro e Enduro Pro (versão completa), além do controle de tração e freios ABS. Na dianteira, dois discos de 305 mm e na traseira, disco de 265 mm.

F 750 GS

BMW F 750 GS compartilha muitos componentes com irmã maior
BMW F 750 GS

O modelo F 750 GS, compartilha o visual rejuvenescido, o motor, com potência reduzida para 77 cv a 7.500 rpm e torque de 8,5 kgfm a 6.000 rpm. Outra mudança está nas rodas em liga leve, mas, com aro de 19 polegadas na dianteira e 17 na traseira. A suspensão dianteira também é convencional, não invertida, com tubos de 41 mm de diâmetro e curso menor, de 151 mm.

A suspensão traseira, mono, igualmente da F 750 GS tem curso menor em relação ao modelo F 850 GS, com 177 mm. O acelerador eletrônico, controle de tração e os freios ABS permanecem, e o banco fica a 815 mm de altura.

Fotos BMW | Divulgação

Teo Mascarenhas

Especialista na cobertura do mercado de motocicletas e competições com mais de 30 anos de experiência.

Teo Mascarenhas

0 Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se identificar algo que viole os termos de uso, denuncie.
Deixe um comentário