Harley-Davidson lança a LiveWire, sua moto elétrica

Motocicleta quebra paradigmas da tradicional marca-norte americana e aposta em recursos modernos para cativar os fãs

Por Teo Mascarenhas08/01/19 às 20h33

Com 115 anos de história, a Harley-Davidson não é apenas uma marca de motocicletas; ela se tornou um ícone pop, com fãs em todo o mundo que cultuam a tradição da fabricante norte-americana. Como quebras de paradigmas são difíceis, os produtos da marca se mantêm fiéis a uma série de características técnicas e de design. Mesmo assim, a empresa não pode abrir mão de se preparar para o futuro. Essa visão para os próximos anos está representada na LiveWire, a primeira motocicleta elétrica da Harley-Davidson.

A LiveWire está sendo lançada na maior feira de inovação do mundo, a Consumer Electronics Show (CES), em Las Vegas (EUA). Ela é a primeira de um novo portfólio. Seu preço é de 30 mil dólares (cerca de R$ 110 mil). As primeiras unidades serão entregues serão em agosto.

A futura moto elétrica Harley-Davidson se destacará pela facilidade em pilotar: o motor elétrico da LiveWire não requer embreagem nem troca de marchas, simplificando enormemente a operação para os novos pilotos. Além disso, há efeito de frenagem com o modo de regeneração de energia, uma vez que adiciona carga à bateria, especialmente em trânsito urbano intenso.

Harley-Davidson LiveWire tem centro de gravidade mais baixo
Harley-Davidson LiveWire tem centro de gravidade mais baixo

O motor elétrico que equipa a nova moto tem outra vantagem: o desempenho! A LiveWire acelera de 0 a 100 km/h em menos de 3,5 segundos. O torque instantâneo fornecido pelo motor elétrico H-D Revelation. O centro de gravidade mais baixo é outra vantagem desse propulsor. Ele fica na parte inferior da motocicleta, ajudando na agilidade.

A LiveWire também possui Controle Eletrônico de Chassi e freios ABS com atuação otimizada em curvas e Controle de Tração. Os sistemas são totalmente eletrônicos e utilizam a mais recente unidade de medição inercial e tecnologia de sensor ABS.

Para que os fãs puristas da Harley-Davidson não se decepcionem, a LiveWire foi projetada para produzir o novo som característico das motos da marca conforme acelera e ganha velocidade.

Harley-Davidson LiveWire acelera de 0 a 100 km/h em pouco mais de 3,5 s
Harley-Davidson LiveWire acelera de 0 a 100 km/h em pouco mais de 3,5 s

Conectividade

A LiveWire é equipada com H-D Connect, que conecta motociclistas e suas motos por meio de smartphone. Essa tecnologia faz da LiveWire a primeira motocicleta elétrica conectada por celular do mercado de massa norte-americano. Com o H-D Connect, os dados são coletados e transferidos para o aplicativo para fornecer informações ao smartphone do piloto sobre:  o status da carga da bateria e a autonomia disponível; indica a localização onde a moto foi estacionada e alertas podem ser enviados se ela for furtada; lembretes sobre os requisitos das próximas revisões e serviços.

LiveWire e futuro da Harley-Davidson

O lançamento da LiveWire faz parte dos objetivos estratégicos da Harley-Davidson de revigorar seus negócios nos EUA até 2027, acelerar o ritmo de crescimento internacional e construir a próxima geração de motociclistas em todo o mundo. A fabricante ainda pretende se estabelecer como líder na eletrificação do transporte em duas rodas.

“Estamos em um momento histórico da evolução dos transportes e a Harley-Davidson está na vanguarda”, afirma o CEO da empresa, Matt Levatich. “A inovação que move o corpo e a alma sempre esteve no centro da nossa marca, e este próximo capítulo da nossa história é sobre a criação de produtos e oportunidades para pilotos e futuros pilotos de todas as idades e estilos de vida”, conclui.

Fotos Harley-Davidson | Divulgação

Avalie o conteúdo:
Clique na estrela para avaliar.
Teo Mascarenhas

Especialista na cobertura do mercado de motocicletas e competições com mais de 30 anos de experiência.

Teo Mascarenhas
1 Comentário
Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se identificar algo que viole os termos de uso, denuncie.
  • Avatar
    ELVER 14 de janeiro de 2019

    Poderia ao menos ser no modelo custom tradicional. Harley modelo esportiva não tem nada a ver….
    Coisa que já está sendo visto nos seus modelos atuais.

Avatar
Deixe um comentário