Motocicleta ideal para os pão duros

Yamanha Factor 150 percorre 79 quilômetros com apenas 1 litro de gasolina

Por Teo Mascarenhas05/05/17 às 14h57

A fabricante de motocicletas Yamaha promoveu o 1º Rally da Economia, em Florianopólis, no final do mês passado. O vencedor da competição conseguiu percorrer 79 quilômetros com apenas 1 litro de gasolina com o modelo Factor 150. “Eu não usei nenhuma técnica especial, só rodei suavemente, mantendo uma marcha alta, 3ª, 4ª e 5ª, e variando a velocidade entre 30 e 40 km/h”, explicou ganhador, Brando Dutra de Souza.

(Yamaha/Divulgação)

O percurso de 1 km tinha obstáculos comuns encontrados nas ruas brasileiras, para uma simulação de uso urbano; com buracos, lombadas, curvas e retas. Além disso, o circuito foi plano para que a motocicleta não se beneficiasse do uso da marcha neutra em descidas íngremes.

Os participantes, todos pilotando a Factor 150, vieram de diversas pontos da capital catarinense. O desafio era claro e objetivo, venceria a competição, aquele que percorresse mais quilômetros, com apenas 1 litro de gasolina. As motocicletas disputaram a prova em condições iguais após vistoria supervisionada pelos técnicos e mecânicos da Yamaha.

Antes de participarem da disputa foram verificados o filtro de ar, escapamento, vela, as medidas dos pneus e da relação. As calibragens dos pneus também foram as mesmas, utilizando o padrão indicado pela Yamaha no Manual do Proprietário. As motocicletas tiveram seus tanques esvaziados, e na sequência todas as motocicletas foram abastecidas com exatamente 1 litro da mesma gasolina, proveniente do mesmo fornecedor.

As regras para a disputa eram não sair do percurso estabelecido – fiscais espalhados pelo trajeto estavam atentos a qualquer irregularidade – e não desobedecer nenhuma lei de trânsito. Fora isso, poderiam escolher qual a velocidade e marcha utilizar na tentativa de se obter uma maior autonomia com 1 litro de gasolina. Os participantes podiam também parar para descanso, ou para irem ao banheiro, por 10 minutos quantas vezes fosse necessário – a motocicleta poderia ser desligada nesses intervalos.

A Factor 150 está equipada com um painel de instrumentos 100% digital, com marcador de marchas e conta – giros sensoriado , que dispensa o uso de cabo. A tarefa fica a cargo de um sensor instalado no motor que, por intermédio da ECU, o cérebro eletrônico da moto, calcula a rotação do motor. Além disso, para orientar o piloto a uma condução mais econômica, a Factor 150 tem o indicador ECO no painel de instrumentos, que acende quando o motor trabalha na faixa de rotação de maior eficiência.

A motocicleta é equipada com a segunda geração do motor BlueFlex de 150cc, que rende 12,2 cv, quando alimentado com gasolina, e 12,4 cv com etanol, na mesma faixa de giro máxima: 7.500 rpm. O torque máximo é de 1,285 kgf.m com gasolina e 1,295 kgf.m com etanol, disponível a 5.500 giros.

Teo Mascarenhas

Especialista na cobertura do mercado de motocicletas e competições com mais de 30 anos de experiência.

Teo Mascarenhas

1 Comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se identificar algo que viole os termos de uso, denuncie.
  • jose moreira 29 de dezembro de 2017

    Acho que a reportagem ficou incompleta porque so mostrou o ganhador , deveria dizer quantos competentes e a quilometragem que cada um conseguiu percorrer.

Deixe um comentário