Carros mais feios do Brasil: relembre 10 modelos vendidos aqui

Alguns já saíram de linha, outros ainda estão à venda, mas o fato é que nenhum deles costuma agradar quando o assunto é estética

Por AutoPapo16/06/18 às 09h00

Beleza é um conceito relativo e pessoal. Porém, apesar de cada um ter suas preferências estéticas, em alguns casos o gosto das pessoas parece caminhar para uma unanimidade. Para o bem e para o mal: afinal, assim como alguns conseguem agradar de maneira generalizada, outros desagradam na mesma proporção. O AutoPapo enumerou 10 carros mais feios do mercado brasileiro, com designs que causaram arrepios na maioria dos consumidores. Confira:

1. Toyota Etios Cross

Relembre os 10 carros mais feios do mercado brasileiro: Toyota Etios Cross
Foto Toyota | Divulgação

A linha Etios, de maneira geral, já costuma causar polêmica quando o assunto é estilo, devido ao design simplório demais. Na versão Cross, a Toyota decidiu dar uma incrementada no hatch, instalando apliques plásticos em praticamente toda a carroceria. O efeito obtido acabou sendo contrário ao esperado: exagerada, a roupagem off-road deixou o visual carregado e poluído. Neste ano, a configuração aventureira deixou de ser oferecida devido às baixas vendas, mas, mesmo assim, ele continua na lista dos carros mais feios do Brasil.

2. Nissan Tiida Sedan

Relembre os 10 carros mais feios do mercado brasileiro: Nissan Tiida Sedan

O Tiida é a prova de que desenvolver um sedã a partir de um hatch pode não ser tarefa fácil para a equipe de design: nem mesmo outros modelos bastante feios parecem chegar ao nível dele. O veículo parece desproporcional, devido à altura do teto em relação ao capô e à traseira. Esse detalhe, associado à falta de criatividade da Nissan para desenvolver dos traços das colunas C e da tampa do porta-malas, transmitem a sensação de que o terceiro volume da carroceria foi fruto de um enxerto.

3. Chevrolet Agile

Relembre os 10 carros mais feios do mercado brasileiro: Chevrolet Agile
Foto Chevrolet | Divulgação

O Agile foi o primeiro produto completamente inédito da Chevrolet no mercado brasileiro após um longo período sem novidades. Nem por isso ele agradou: a grade e os faróis pareciam grandes demais para o tamanho do carro. Outros elementos, como os adereços nas colunas C e a tampa traseira exageradamente lisa, também contribuíam para a desarmonia do conjunto. Assim, ele está qualificado para a lista dos carros mais feios do Brasil.

4. Chevrolet Spin

Relembre os 10 carros mais feios do mercado brasileiro: Chevrolet Spin
(Chevrolet/Divulgação)

A linguagem estilística que a Chevrolet adotou de meados dos anos 2000 até o início desta década resultou em alguns dos carros mais feios do Brasil. Durante esse período, além do Agile, chegou ao mercado, também, o Spin, com proposta familiar e versões para cinco ou sete ocupantes. Os faróis espichados e a grade frontal pronunciada logo renderam o apelido de “capivara” ao modelo. O modelo, entretanto, foi completamente remodelado.

5. Ford Taurus

Relembre os 10 carros mais feios do mercado brasileiro: Ford Taurus
Foto Ford | Divulgação

As linhas arredondadas eram tendência nos anos 90, mas a Ford parece ter exagerado na terceira geração do Taurus. O resultado era um sedã de design ousado, mas não necessariamente bonito. Não agradou nem os compradores brasileiros, durante o breve período no qual foi importado para cá, nem os norte-americanos, que constituíam seu público-alvo. Não por acaso, foi a safra mais breve do sedã, fabricada apenas de 1996 a 1999.

6. Renault Clio Sedan

Relembre os 10 carros mais feios do mercado brasileiro: Renault Clio Sedan

Outro sedã no qual terceiro volume da carroceria parece ter sido adaptado é o Clio. O estilo não chega a ser tão desastroso quanto no Tiida, mas ainda está entre os mais feios do país. Talvez se a Renault tivesse desenvolvido portas traseiras específicas para o modelo, em vez de ter aproveitado as da versão hatch, a impressão de existir uma corcunda na coluna C fosse atenuada. Há ainda quem compare a silhueta do veículo à de um peixe.

7. Renault Logan

Relembre os 10 carros mais feios do mercado brasileiro: Renault Logan
Foto Renault | Divulgação

Conceitualmente, o primeiro Logan adota soluções interessantes para conter os custos de fabricação. O para-brisa e o vidro traseiro, por exemplo, são o mesmíssimo componente, apenas instalado de maneira oposta. Já os retrovisores externos também eram idênticos e serviam aos dois lados da carroceria. Mas o resultado estético, de modo geral, não agradou: as linhas simples faziam o veículo parecer ultrapassado mesmo na época do lançamento. Em sua atual geração, o sedã abandonou todas as particularidades citadas e ganhou traços mais harmoniosos.

8. Peugeot Hoggar Escapade

Relembre os 10 carros mais feios do mercado brasileiro: Peugeot Hoggar

A reestilização aplicada ao Peugeot 206, que motivou a mudança de seu nome para 207, já é polêmica. A picape da linha, batizada de Hoggar, é ainda mais. A versão Escapade, então, conseguiu piorar toda a situação, devido a um aplique frontal na cor prata: muitos associavam-no aos dentes de um vampiro. Foi a picape compacta menos vendida do país enquanto esteve no mercado e saiu de linha sem deixar sucessora.

9. Volkswagen 1.600

Relembre os 10 carros mais feios do mercado brasileiro: Volkswagen 1.600
Foto Volkswagen | Divulgação

A passagem do tempo fez bem ao Volkswagen 1.600. Hoje, é possível enxergar nele o charme dos anos dourados, graças ao design que reflete as tendências estilísticas daquele período. Porém, na época em que foi lançado, o sedã torceu os narizes de vários motoristas brasileiros, que consideraram a dianteira alta demais e a carroceria demasiadamente quadrada… Logo figurou entre os carros mais feios do Brasil.

Para piorar, as quatro portas estavam em desacordo com o estranho gosto dos consumidores da época, que preferiam automóveis de apenas duas portas. A rejeição foi tamanha que as linhas retangulares e as quatro maçanetas que lembravam alças fizeram as pessoas associar o veículo a um esquife: ele acabou apelidado de Zé do Caixão, pernonagem fúnebre que fazia sucesso nas décadas de 60 e 70. A produção durou apenas de 1968 a 1971.

10. Fiat Doblò

Relembre os 10 carros mais feios do mercado brasileiro: Fiat Doblò
Foto Fiat | Divulgação

Multivans são veículos utilitários por natureza. O formato quadrado da carroceria tem o objetivo de ampliar o espaço interno, que pode ser aproveitado para transportar passageiros ou carga. É o domínio da função sobre a forma, que muitas vezes relega o design a um segundo plano.

No caso do Fiat Doblò, toda essa filosofia veio acompanhada de uma grade frontal enorme e ovalada, integrada a faróis bipartidos. Não deu outra: muita gente o inclui entre os carros mais feios do mercado. Em 2009, porém, veio uma reestilização que deixou a dianteira do veículo mais convencional e equilibrada.

21 Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se identificar algo que viole os termos de uso, denuncie.
  • Helio 14 de outubro de 2018

    Ninguém citou o FIAT OGGI, acho que só eu achava ele horroroso.

  • Pepo 25 de agosto de 2018

    Ah lembrei de mais um feio demais….Renault twingo…. Esse sim eh feinho….

  • Marquinhos 5 de agosto de 2018

    Faltou o Renault Twingo, o Ford Ka sapinho, Chery QQ, Smart Fortow e outros

  • Edson colem 5 de agosto de 2018

    Nossa mãe. O que mais tem e carro feios, aliás horríveis. O ka, o Apolo , o Clio e tantos outros kkk

  • Portugal 5 de agosto de 2018

    O 1 da lista de feiúra deveria ser o Ford Ka ou melhor (ku) – Feio por fora e apertado por dentro

  • Bob 5 de agosto de 2018

    Lista de carros feios sem corcel II não pode ser levada a sério.

    • ailton 6 de agosto de 2018

      Você tá louco. corcel 2 era bonito.. Melhor que muito carro naquela época

  • Pepo 5 de agosto de 2018

    Kia shuma

  • Pepo 5 de agosto de 2018

    A lista eh bem grande…..faltou Nissan versa com aquela traseira horrorosa….Peugeot 106, Fiat Mobi, e o campeão de todos e do mundo da feiura o Kia shuma esse sim eh feio mesmo

  • Celso 5 de agosto de 2018

    Não existe nada mais horrível do que o lançamento GM SPIN e COBALT

  • Alex 5 de agosto de 2018

    os líderes da feiúra no Brasil indiscutivelmente são Clio e Etios Deus me livre.

    • Arnaldo 5 de agosto de 2018

      Campeão em feiura e QQ

  • Ailton Antonio Santiago 13 de julho de 2018

    O campeão de feiura na minha opinião é sem dúvida nenhuma a infeliz Renaut Duster. Horrorosa, coitada!!!

  • Renato 19 de junho de 2018

    Quem lembra do Corolla modelo 1998 que tinha uma grade parecida com uma grelha de churrasco. E a versão sw era ainda pior com as lanternas verticais. Pra mim foi pior que muitos carros da lista.

    • Augusto 5 de agosto de 2018

      Eu era vendedor Toyota, e era horrível ter que apresentar este carro ao cliente. E o SW era um carro funerário!

      • Glaico Antônio Goetten 5 de agosto de 2018

        Eu discordo, tenho uma sw4 98 acho ela linda, durável, muito diferente das suv de hj que são todas iguais , vc não sabe que marca é se vc não olhar bem.

  • Guilherme 18 de junho de 2018

    Francamente. Podiam tirar o Clio sedan e a Hoggar dessa lista e incluir no lugar o Ka 1a geração e GM Cobalt. A Hoggar era até bonita na minha opinião, acho que era mais bonita que a saveiro g5, não a g6, Strada e Montana atual.

  • Fulanim 17 de junho de 2018

    Só 10????? Comedidos hein? Minha lista beira os 30 no mínimo!

  • João 17 de junho de 2018

    Essa atual também, é horrível

  • Claudio 16 de junho de 2018

    Ainda falta o GM Cobalt, Nissan Versa.

  • Alisson 16 de junho de 2018

    Cadê o Ford Ka primeira geração???

Deixe um comentário