‘Carro do Hitler’, 770K Grosser não atingiu lance mínimo

Valor mínimo pedido pelo 'super-Mercedes' era de 10 milhões de dólares, mas o máximo oferecido não atingiu a meta em leilão nos EUA

Por AutoPapo19/01/18 às 14h42

Herança maldita: o Mercedes-Benz que foi utilizado por Adolf Hitler não atingiu o lance mínimo no leilão de Scotsdale, nos Estados Unidos, na última quarta-feira (17). O valor mais alto oferecido pelo 770K Grosser Open Tourer de 1939 foi 7 milhões de dólares (R$ 22,4 milhões em conversão direta). A quantia mínima para arrematar o chamado “super-Mercedes” era de 10 milhões de dólares (R$ 32 milhões).

Carro do Hitler: Mercedes-Benz 770K Grosser Open Tourer 1939
Mercedes-Benz 770K Grosser Open Tourer 1939 Foto: Worldwide Auctioneers/Divulgação

Segundo a empresa Worldwide Auctioneers, que promoveu o leilão, informou que, de qualquer maneira, as negociações para a compra do carro continuam.

O 770K Grosser

O Mercedes 770K Grosser utilizado por Hitler foi encomendado por seu chofer, Erich Kempka, que também era oficial da SS. Ele foi utilizado para receber dignatários estrangeiros e para desfiles do líder nazista em grandes comícios promovidos pelos nazistas entre 1939 e 1941.

O super-Mercedes é impulsionado por um motor de oito cilindros em linha de 7,7 litros. Com auxílio de um compressor, ele entrega 230 cv de potência.

0 Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se identificar algo que viole os termos de uso, denuncie.
Deixe um comentário