Alfa Romeo Montreal: o carro-conceito que foi para as ruas

A Alfa Romeo Montreal foi projetada para ser exposta como carro-conceito na Feira Mundial de Montreal, em 1967; fez tanto sucesso que entrou em produção

Por Boris Feldman 12/06/19 às 11h43

A Alfa Romeo Montreal foi projetada por Marcello Gandini, do Studio Bertone, para ser exposta como carro-conceito na Feira Mundial de Montreal, em 1967 – por isso o seu nome. Fez tanto sucesso que entrou em produção e foi fabricada entre 1970 e 1976.

O chassi utilizado foi o mesmo sobre o qual a Alfa Romeo Spider (e outros modelos) era montada.Mas a Alfa Romeo Montreal não podia ser produzida com um motorzinho quatro cilindros de 120 cavalos. Pegaram um motor V8 da Alfa P33 – 3.0 l, 300 cavalos – reduziram para 2.6 litro, 230 cavalos e puseram na Montreal, com a caixa da P33 também.

Por causa da legislação de emissões na época, o V8 não é equipado com carburador, mas um sistema de injeção mecânico, Spica, e funciona muitíssimo bem. O carro não falha, pega fácil, acelera sem tossir e sem espirrar, nada, um reloginho!

A Montreal foi a única Alfa Romeo antiga com motor V8. E talvez esse tenha sido um dos motivos do fracasso desse carro no mercado. Por quê?Porque foi em plena crise do petróleo: fabricado de 70 a 77. O motor V8 era tudo que o mercado não queria.

alfa romeo montreal: carro-conceito foi para as ruas

Até a ideia dos faróis, que funcionam a vácuo abrindo e fechando a tampinha na frente foi mantido como no conceito. O volante em cálice, uma série de detalhes internos, os mostradores superoriginais: velocímetro, conta-giros, ele tem tudo!

Espaço e conforto? Excepcional para o piloto e para o passageiro .Mas ai de quem vai atrás, ai nada, nem cabe ninguém lá atrás.

alfa romeo montreal: foto do interior

Fotos Alfa Romeo | Divulgação

Avalie o conteúdo:
PéssimoRuimRegularBomExcelente (2 votos, média: 5,00 de 5)
loadingLoading...
Clique na estrela para avaliar.
0 Comentários
Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se identificar algo que viole os termos de uso, denuncie.
Avatar
Deixe um comentário