Carros elétricos no Brasil: veja todos os modelos e preços

Fizemos um ranking de todos os carros elétricos vendidos no Brasil comparando preços, autonomia, desempenho e mais

Por Bárbara Angelo30/05/19 às 19h44

Depois do último Salão de São Paulo, os carros elétricos no Brasil deram um pulo. Se antes contávamos com apenas uma opção da categoria – que não deve ser confundida com a dos híbridos – agora são seis. O BMW i3, que a representava sozinho, passou a ser um dos mais caros entre as alternativas.

Contudo, entre os novos modelos que foram lançados durante o evento, nenhum pode ser considerado acessível. O problema não é exclusividade brasileira, já que veículos com essa estrutura são mais caros em todo o mundo. Claro, por aqui, devido à importação e impostos, o problema se agrava.

Ainda assim, estamos mais próximos da popularização de carros elétricos no Brasil do que antes. Na lista a seguir, veja as opções de carros elétricos no Brasil que já estão à venda e as que chegarão às lojas ainda este ano. Elas foram organizadas em ordem crescente de preço.

1. Renault Zoe

(Renault | Divulgação)
Modelo Renault Zoe
Preço R$ 149.990
Potência / torque 88 cv / 22 kgfm
Autonomia máxima 300 km (WLTP)
Velocidade máxima 135 km/h
Bateria 41 kWh
Forma de carregamento Carregador doméstico deve ser instalado
Recarga rápida 80% em 1:40 hora
Recarga completa De 2:40 horas a 7:18 horas

O Renault Zoe foi um dos carros elétricos no Brasil apresentado durante o Salão de São Paulo de 2018. O veículo já era vendido na Europa e, na ocasião, passou a ser oferecido no Brasil. Contudo, as vendas ainda não foram regularizadas.

Por enquanto, o modelo se encontra em pré-venda no site da marca. Em concessionárias da Renault em São Paulo (SP) e Curitiba (PR), é possível fazer um test drive do Zoe. A marca também informou, quando procurada pelo AutoPapo em novembro, que ainda não tinha planos de vender o veículo em outras cidades.

Outro porém é que o Zoe requer a instalação de um carregador doméstico próprio. O empecilho, contudo, também deve ser considerado para outros carros elétricos no Brasil. A razão é que, ainda que o carregador domiciliar não seja obrigatório, a recarga pode ser muito lenta sem ele.

No caso da Renault, o equipamento custa R$ 5.130 mais o custo da instalação

Principais equipamentos do modelo: quatro airbags; freios ABS; controle eletrônico de estabilidade (ESC); controle eletrônico de tração (ASR); monitoramento eletrônico da pressão dos pneus (TPMS); sistema Isofix; sensor de chuva; piloto automático com limitador de velocidade; e assistente de partida em rampa (HSA).

Avalie o conteúdo:
PéssimoRuimRegularBomExcelente (31 votos, média: 3,90 de 5)
Loading...
Clique na estrela para avaliar.
21 Comentários
Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se identificar algo que viole os termos de uso, denuncie.
  • Avatar
    Keppler Christiani Maroja Di Pace 16 de junho de 2019

    Preciso muito começar a usar um carro elétrico pois além de precisar não queria morrer sem ter esse previlégios de usufruir da chegada da nova era aqui no Brasil !!

  • Avatar
    Isma sima 14 de junho de 2019

    Toda a nossa conversa se resume em papo de buteco … Por maís criatividade que temos …. Vcs não não falaram do mior e mais grave problema dos carros elétricos,…………. Infelizmente não há interesse político acabá aqui toda a sua criatividade. Se nossa educação não mudar os futuros político s do mundo

  • Avatar
    ANÔNIMO 8 de junho de 2019

    No Brasil, esse tipo de carro não deve ficar popular tão cedo, graças aos LOBBY das atuais montadoras que dominam o mercado nacional… assim como, não temos ferrovias ligando todo o país… nisso, os “representantes do povo” seguem de boa!!

  • Avatar
    ronaldo 4 de junho de 2019

    as pessoas estão preocupadas com o combustível fóssil, muito bem.
    estas baterias são compostas de materiais radiativos, onde iremos descartar este lixo.

    Ascânio.

  • Avatar
    Pedro correa 2 de junho de 2019

    Qual quer carro no brasil vc paga 3 pelo preço de 1 , utopia esses carros em nosso pais q explora de todas as formas possiveis o povo brasileiro .

  • Avatar
    Marco A S L 30 de maio de 2019

    Pessoal, olha como mentem para o Brasil… um deste Zoe (lixo Renault) custa $21.220 euros, enquanto que um Honda, Kia, ou BMW custa $22.000 a 24.000 dollares aqui nos Estado Unidos (carros muito superiores e duraveis). envio as fotos e os links dos sites das lojas pra voces verem… aqui tem carregador nas farmacias e nos supermercados, em cada quarterao. entao so ‘e coisa do futuro para o Brasil, que os antigos politicos escravisaram. agora estao fazendo propaganda de lixos de carros pra tentar empurrar para o pessoal no Brasil a preco de ouro.

  • Avatar
    Marco A S L 30 de maio de 2019

    Pessoal, eu gostaria de ajudar no que se refere a este assunto! Carros hibridos e eletricos, ja sao comuns e obsoletos aqui onde eu trabalho , fazendo manutencao e revisao, nos Estados Unidos. para voces terem uma ideia do quanto os antigos politicos fecharam as portas para os brasileiros, ainda nem chegaram bo Brasil e eu ja tenho uma empresa de manutencao (Oficina esclusiva) para este tipo de carro desde 2016 aqui. Garanto pra voces que a realidade ‘e bem mais comun e normal do que falam nestes anuncios, ai no Brasil.

  • Avatar
    Urbano Cantalogo 28 de maio de 2019

    Acredito que os carros elétricos vieram para ficar. ” Uma sociedade que baseia sua energia em combustíveis fósseis está fadada a extinção” Nicolas Tesla.

  • Avatar
    anonimo 28 de maio de 2019

    sabe de nada inocente, TESLA em tua TESTA!

    • Avatar
      Urbano Cantalogo 28 de maio de 2019

      Sei muito pouco sobre Tesla.
      Gostaria de saber mais.
      Mas dê uma coisa eu sei que ele foi revolucionária, e muito dê seus documentos não foram divulgados.

  • Avatar
    ecio 21 de maio de 2019

    faltam as células fotovoltaicas no teto… o meu carro fica no sol o dia todo…

  • Avatar
    Ricardo 14 de maio de 2019

    Acho que o meu sonho já deve ser o de muita gente: placas fotovoltaicas em casa e um carro elétrico na garagem. Quando começou a indústria de celulares, os “tijolões” eram para poucos, mas agora é uma tecnologia que praticamente a maioria tem acesso, uns mais baratos e outros mais caros, claro. Essa é a tendência de praticamente todas as tecnologias. Então acredito que os automóveis elétricos com o passar do tempo também serão acessíveis para grande parte das pessoas, até porque os combustíveis fósseis não vão durar para sempre.

    • Avatar
      Urbano Cantalogo 28 de maio de 2019

      É verdade eu acredito nisso. Trabalho com energia solar fotovoltaica e existe um salto quântico na evolução da tecnologia de aproveitamento da energia solar.

  • Avatar
    Carlos Rufino 2 de abril de 2019

    Primeiro o BMW i3 não é carro “elétrico” e sim um híbrido ou eletrificado, essa conversa de autonomia eu vejo com estranheza, já que meu carro só percorre 380km com um tanque de gasolina, custa mais de 90.000 e é feio, enquanto os elétricos passam disso, tirando o i3, claro.

    • Avatar
      Darlan 12 de abril de 2019

      Aí você vai num posto em 15 minutos você enche o tanque e faz mais 380km, o elétrico leva em média 8 horas pra recarregar, no caso não seria tão prático.

      • Avatar
        Carlos Rufino 3 de maio de 2019

        Isso numa tomada doméstica de 10A, a culpa é das operadoras, já existem carregadores de rua que carregam em 15 minutos para 400km, estão testando carregadores que o fazem em 7 minutos, em pouco tempo estarão nas ruas também.

      • Avatar
        Jarbas 12 de maio de 2019

        nao tem energia nem.pro básico imagina pra renovar frota com carro eletrixo.rsrsfs

      • Avatar
        Urbano Cantalogo 28 de maio de 2019

        O carregamento de uma bateria é a quantidade de carga que ela pôde acumular.
        Imagine uma caixa de água.
        Você pode encher ela em alguns minutos ou levar horas.
        O fluxo de água é semelhante a corrente que carrega a bateria. Quanto maior a corrente menor o tempo de carga.
        Então em um cálculo aproximado uma tomada de 10 Amperes em 220 volts daria uma potência de 2,2 Kwh. Por este motivo discordo que haja um equipamento que carregue em 15 minutos em uma tomada doméstica dê 10 Amperes.

      • Avatar
        Carlos Rufino 3 de maio de 2019

        Se eu pudesse, teria um Tesla Model X ou uma Rivian R1S, carregaria em casa mesmo a noite, estaria gastando cerca de 7 centavos por km rodado, não pagaria IPVA, não estaria sendo culpado por causar mais de 200 doenças cárdio respiratórias em meus vizinhos, nem AVC, microcefalia ou Câncer, e de sobra, não estaria poluindo o meio ambiente tanto quanto hoje. Não me incomodaria em levar oito horas para carregar, meu carro passa mais tempo que isso na garagem por noite, tenho que dormir, mas deixar de pagar 400 reais por viagem para 27 reais me enche de raiva por não ser mudança pra hoje.

      • Avatar
        Vinicius 12 de maio de 2019

        Preste atenção na informação de recarga. Você faz a recarga rápida de 80% com 1 hora.

  • Avatar
    Sergio 1 de abril de 2019

    O segundo maior problema de um carro elétrico, sendo o primeiro o preço, é a autonomia.

Avatar
Deixe um comentário