Central multimídia: conheça as tendências para um futuro próximo

Especialista garante que as tecnologias de pareamento, como Apple CarPlay e Android Auto, já são coisa do passado

Por Bárbara Angelo 05/03/19 às 09h14

A central multimídia tem se tornado uma parte cada vez mais importante do carro. Se, há alguns anos, a tela no painel central servia para controlar o sistema de som, hoje, em alguns casos, ela até conversa com o motorista. Mesmo em carros mais acessíveis, a tecnologia tem avançado rápido, e oferece uma série de comodidades para o condutor.

Por isso, nós procuramos saber quais serão as próximas tendências do setor, e quais tecnologias estarão disponíveis para os motoristas em breve. De acordo com o CEO da Logigo, Antônio Azevedo, a internet no carro e a oferta de serviços diretamente na tela serão as principais novidades.

A versão top de linha do Nissan Kicks é um dos modelos equipados com uma central multimídia da Logigo, que você vê nesta imagem. (Nissan | Divulgação)

“O Brasil vai seguir a mesma tendência que o resto do mundo, que é a de o carro ser mais um device, aparelho conectado”, pontuou o especialista. De acordo com ele, uma central multimídia conectada diretamente à internet, o tempo inteiro, será algo comum até 2023.

“As tecnologias Apple CarPlay e Android Auto já estão ultrapassadas”, finalizou Azevedo, se referindo aos aplicativos de pareamento entre central e celular. O acesso direto à rede mudaria a natureza do sistema de infotenimento, segundo o especialista.

Uma das possibilidades é a instalação de aplicativos diretamente na central multimídia, dispensando o pareamento que, atualmente, alguns sistemas oferecem. Também será possível criar uma rede wi-fi na cabine. Além disso, a conexão direta com a internet também traria novas ofertas de serviços para dentro dos veículos.

Central multimídia da Logigo antes de ser instalada. (Logigo | Divulgação)

Exemplos são o pagamento em postos de combustível diretamente da central, o que já é ofertado em alguns modelos de carro. Azevedo também cita a possibilidade de marcar a revisão do carro junto à concessionária diretamente da tela, ou até mesmo fazer compras.

Com esse tipo de conectividade, o empresário também enxerga a comunicação entre as fabricantes e concessionárias diretamente com o proprietário do veículo. Elas terão bases de dados, automatizadas, de todos os clientes, e poderão enviar mensagens para cada um deles através da central multimídia.

Avanços da central multimídia também vão trazer dor de cabeça

Como as montadoras vão utilizar essa tecnologia, contudo, também pode trazer dores de cabeça para o motorista. Azevedo também menciona a possibilidade de anúncios aparecendo na tela do sistema multimídia.

A propaganda poderá ser da própria marca, mas também de parcerias pagas, como de fornecedores de lubrificantes e similares. “Hoje em dia a montadora gera receita somente com a venda do carro, e com essa tecnologia ela conseguirá gerar lucro para o resto da vida do carro”, explicita o CEO da Logigo.

Catálogo do Nissan Kicks anuncia funções da central multimídia. (Nissan | Divulgação)

A empresa brasileira é especializada em central multimídia e tecnologias de conectividade, e atua diretamente com as montadoras. Como conta Azevedo, os componentes de sua empresa são instalados diretamente na linha de montagem de diversos modelos brasileiros. Ele cita o Toyota Etios Platinum, as versões top de linha de todos os modelos da Nissan, e vários modelos da Mitsubishi.

Além disso, por enquanto, a internet ofertada diretamente no veículo continuará dependendo das fornecedoras de telefonia celular. Assim como com um smartphone, será necessário contratar um plano de cobertura, e instalar um chip no veículo.

Avalie o conteúdo:
PéssimoRuimRegularBomExcelente (2 votos, média: 5,00 de 5)
Loading...
Clique na estrela para avaliar.
2 Comentários
Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se identificar algo que viole os termos de uso, denuncie.
  • Avatar
    valter 11 de agosto de 2019

    Só falta agora as operadoras de celular ter mais um meio para assaltar o consumidor, com cobranças indevidas além do celular, agora do carro também!

  • Avatar
    valter 11 de agosto de 2019

    Só falta agora as operadoras de celular ter mais um meio para assaltar o consumidor, com cobranças indevidas além do celular, agora do carro também¹

Avatar
Deixe um comentário