Chevrolet revela fotos e detalhes do novo Spin Activ

Monovolume perdeu a cara de capivara e incorporou bancos corrediços, além de novo painel; motor continua o mesmo 1.8 de até 111 cv

Por AutoPapo 25/06/18 às 16h08

A Chevrolet divulgou novas informações e imagens do novo Spin, mas apenas da sua nova versão top de linha, a Activ7. O monovolume foi reestilizado e evoluiu no ponto no qual era mais criticado. Em resumo: ele perdeu a cara de “capivara”. Ela começará a ser vendida em julho. Os preços ainda não foram divulgados. Hoje, a versão Activ custa a partir de R$ 76.950.

Na parte frontal, o novo Spin adotou o padrão visual dos outros modelos da Chevrolet, com faróis mais afilados, com máscara negra e luz de condução diurna em LED. A versão Activ, com apelo “aventureiro” tem moldura na grade. Na lateral, há o “pacote básico” para veículos com essa proposta, como a moldura plástica nos para-lamas. As rodas são exclusivas com aro de 16 polegadas.

Novo Spin foi revelado pela Chevrolet

Na traseira, também houve mudanças significativas. As lanternas têm desenho horizontal e invadem a tampa do porta-malas, que ainda recebeu a placa (antes era acomodada no para-choque). Já o estepe, antes fixado na parte externa da tampa, foi deslocado para a região do assoalho, sob o porta-malas. Um discreto aerofólio foi incorporado, além de um novo rack no teto.

Interior do novo Spin

A Chevrolet também promoveu mudanças no interior do novo Spin. A principal é a adoção a segunda fileira de bancos corrediço. Por ser montado sobre trilhos, a peça pode ser movimentada 5 cm para frente ou 6 cm para trás no intuito de redistribuir melhor os espaços.

Criticada por não oferecer muito além do que a legislação exige quando o assunto é segurança, na renovação do monovolume, a Chevrolet o equipou pontos de ancoragem para cadeirinhas infantil do tipo Isofix e Top Tether além do quinto apoio de cabeça e cinto de segurança de três pontos no assento central.

Outra novidade é a opção da terceira fileira de bancos na versão aventureira do Spin – recurso que já era oferecido em outras configurações. Os dois assentos extras podem ser rebatidos para ampliar o volume de carga.

A Activ7 conviverá com a  configuração de cinco lugares e porta-malas de 710 litros – pode chegar 756 litros com a fileira central de bancos toda avançada.

O painel também foi redesenhado e agora se assemelha ao utilizado no Tracker. O novo Spin continua sendo oferecido com o sistema de infotenimento MyLink e o OnStar que, agora, oferece a possibilidade de avisar caso algum objeto (ou até mesmo criança) no banco traseiro de carro. Na linha 2019, o novo Spin soma ainda comodidades como a câmera de ré com linhas guias, acionamento automático do limpador de para-brisa, acendimento automático e ajuste de altura dos faróis, além de repetidor de seta nas laterais do veículo.

Mecânica

O novo Spin recebeu suspensão recalibrada. De acordo com informações da Chevrolet, a absorção de irregularidades melhorou. Não houve adoção dos controles eletrônicos de estabilidade e tração.

O motor é o mesmíssimo que já equipava o modelo: 1.8 de até 111 cavalos de potência e 17,7 kgfm de torque. A transmissão automática é de seis velocidades, que também recebeu nova calibração para proporcionar trocas de marchas de seis velocidades.

Spin ‘comum’

Hoje, o site Argentina Autoblog publicou uma imagem vazada do Spin “comum”. Não há qualquer informação adicional, mas é de se esperar que as mesmas mudanças funcionais aplicadas à versão Activ se estendam à LT e a Premier (que deverá substituir a LTZ).

Foto Reprodução | Argentina Autoblog

Fotos Chevrolet | Divulgação

Avalie o conteúdo:
PéssimoRuimRegularBomExcelente (Seja o primeiro a avaliar)
loadingLoading...
Clique na estrela para avaliar.
3 Comentários
Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se identificar algo que viole os termos de uso, denuncie.
  • Avatar
    Anderson Dias 1 de julho de 2018

    Brasileiro, falou que é “novo lançamento” compra mesmo sem poder para ostentar, assim as montadoras continuam só maquiando latarias a preços de tesouro valiosos.

  • Avatar
    Josiel 28 de junho de 2018

    Até que enfim renovaram o visual e mais ulguns detalhes, como a adoção do banco corrediço, a retira do jurássico estepe da tampa da mala. Já a mudança para um propulsor mais moderno…quem sabe na proxima dose do conta gotas GM.

  • Avatar
    alexandre 25 de junho de 2018

    Será qua a chevrolet não vai mudar rapidinho este motor velho e colocar o turbo que equipa outros carros da marca? Se sim, quem comprar agora paga e fica com o mico!!!

Avatar
Deixe um comentário