[Vídeo] Cinto de segurança do Polo coloca passageiros em risco na Europa

Volkswagen do Brasil afirma que não há registro de problemas semelhantes por aqui; o componente brasileiro não é o mesmo da versão europeia

Por AutoPapo19/07/18 às 15h50

Um problema em um dos dispositivos de segurança mais básicos dos automóveis chamou atenção da Europa para as marcas Volkswgen e Seat. O cinto de segurança do Polo, hatch da marca alemã, pode se soltar em manobras ou quando exposto a tensão. A falha só acontece no dispositivo do banco traseiro e ainda não tem solução aprovada pelas autoridades.

A Volkswagen do Brasil afirma que nenhum problema parecido foi registrado por aqui. Nem o fornecedor, nem o modelo das travas dos cintos de segurança do país são iguais aos dispositivos problemáticos.

Quem descobriu, há algum tempo, o problema foi a instituição finlandesa Tekniikan Maailma. Só agora, depois de estudar uma medida reparativa, a Volkswagen propôs um novo anexo para que as travas dos dispositivos não encostem uma na outra. A solução, no entanto, ainda não foi validada pelas autoridades locais.

Todos os donos do Polo, que foi lançado no ano passado, e dos veículos envolvidos no recall já receberam uma carta de alerta. Até que a falha seja resolvida, os donos dos modelos Polo, Arona e Ibiza não devem carregar passageiros no extremo esquerdo do banco traseiro.

O problema acontece porque o fecho do cinto do assento do meio pressiona o botão da trava do dispositivo do terceiro lugar, à esquerda.

Veja a imagem e o vídeo para entender a falha no cinto de segurança do Polo:

Lançado em 2017, o novo hatch da Volkswagen apresenta problemas. O cinto de segurança do Polo pode se soltar. Falha só atinge modelos da Europa.
Imagem Tekniikan Maailma | Reprodução

0 Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se identificar algo que viole os termos de uso, denuncie.
Deixe um comentário