Mito ou verdade: dá para fazer o carro pegar no tranco com uma corda?

De acordo com vídeos que circulam na internet, uma corda enrolada no pneu pode fazer o veículo pegar no tranco; será que é possível?

Por Sérgio Melo22/05/19 às 16h00

Está circulando um vídeo na internet dizendo que, se você estiver sozinho em num lugar ermo, onde não há sinal de celular, e com a bateria do seu carro descarregada, você pode ligar o motor do automóvel enrolando uma corda na roda dianteira e puxando. Será que isso é verdade? Há como dar tranco em carro usando uma corda?

Veja o resultado no vídeo abaixo:

Passo a passo do procedimento realizado:

  1. Suba o automóvel pelo lado do motorista com um macaco;
  2. Puxe o freio de estacionamento até o máximo;
  3. Engate a terceira marcha;
  4. Vire a chave da ignição deixando as luzes do painel acessas;
  5. Enrole uma corda no pneu dianteiro com quatro ou cinco voltas;
  6. Puxe a corda com bastante força.

Resultado:

Como vocês puderam comprovar no vídeo acima, pegar o carro pega, mas é uma questão de força. Algumas pessoas vão conseguir e outras não. É importante frisar que se você não estiver se sentindo a vontade, e se o veículo não estiver bem firme, não tente! Você pode se machucar ou estragar alguma coisa.

Tranco com corda
tranco com corda sandero

Como dar tranco em carro – Foto AutoPapo | Reprodução

Nós testamos também com a quarta marcha. Veja no vídeo abaixo qual foi o resultado:

Avalie o conteúdo:
PéssimoRuimRegularBomExcelente (Seja o primeiro a avaliar)
Loading...
Clique na estrela para avaliar.
2 Comentários
Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se identificar algo que viole os termos de uso, denuncie.
  • Avatar
    Júnior 10 de maio de 2019

    É verdade que carro injetado não pode pegar no tranco, já sei que existe o risco de quebrar a correia-dentada, mas existe algum dano ao sistema da injeção eletrônica ou sistema de alimentação de combustível como um todo?

    • André Almeida
      André Almeida 29 de maio de 2019

      Resposta do Boris Feldman: Nenhum risco, desde que se faça pegar com cuidado, soltando a embreagem com uma marcha mais fraca (2ª ou 3ª) engatada.

Avatar
Deixe um comentário