[Comparativo] Tiguan R-Line ou Passat? Qual o melhor para você?

Os dois modelos feitos pela Volkswagen estão na mesma faixa de preço e compartilham até o motor, mas têm propostas distintas

Por Felipe Boutros31/01/19 às 18h41

Dois modelos na mesma faixa de preço, feitos pela Volkswagen e, até mesmo com o mesmo motor, mas com propostas distintas. O Tiguan é um SUV, categoria queridinha do mercado. O Passat é um sedã “clássico”. E aí? Qual deles é o carro ideal para você?

Confira no vídeo abaixo!

[TRANSCRIÇÃO]

A grande questão hoje no mercado de automóveis fica entre os sedãs e utilitários esportivos. E aqui tem dois da mesma marca: o Passat e o Tiguan, ambos com preços muito semelhantes (R$ 164.620 e R$ 184.990, respectivamente), ambos com a mesma mecânica. Até o motor é o mesmo, dois litros turbo, 220 cavalos, ambos.

A diferença mecânica é que o Tiguan tem tração nas quatro rodas e o Passat, não.Ele tem outras tecnologias mais avançadas do que o Tiguan. Óbvio que o Tiguan vai oferecer coisas que não tem no Passat, como os sete lugares – dois deles mais ou menos.E a tração nas quatro, que não tem no Passat. Porém, ambos atendem muito bem as necessidades do consumidor.

Vamos mostrar o Passat e o Tiguan e, aí, a decisão é sua!

Tiguan x Passat: comparativo

Os dois carros compartilham o mesmo motor: é o 2.0 turbo, o mesmo que o Golf GTI usa, com 220 cavalos de potência e 35,7 kgfm de torque. A grande vantagem desse motor, o grande diferencial, é a oferta de torque já em regimes mais baixos. Então, a condição é muito agradável. Mesmo que você não queira explorar eles esportivamente, eles se tornam muito agradáveis de dirigir na cidade e o consumo é mais baixo.

Os dois carros começam a se diferenciar mecanicamente a partir do câmbio: embora os dois tenham o câmbio automatizado de dupla embreagem, o DSG, o Tiguan tem sete marchas e o Passat tem seis. O Tiguan também se diferencia por ter tração integral sob demanda, a 4Motion. O torque é transferido para o eixo traseiro a medida que a roda da frente destraciona.

Obviamente, mesmo tendo a dirigibilidade afiada, os dois modelos se diferem pela pegada.O Tiguan é uma proposta mais familiar, inclusive essa versão tem sete lugares.Mesmo sendo um utilitário esportivo, o Tiguan tem uma pegada, uma dirigibilidade bem próxima a de um carro de passeio.É um carro muito agradável, que passa muita segurança enquanto dirige.

E pra quem gosta de dirigir, claro que o Passat é uma aposta mais certeira. Só o fato de ser um sedã com o centro de gravidade mais baixo e ter amortecedores adaptativos, tornam ele muito mais agradável de dirigir do que o SUV.

Por dentro do Tiguan e do Passat

Internamente, os dois carros são parecidos, embora o Passat tem uma proposta mais refinada, mais executiva. Isso você nota no acabamento. O Tiguan é um pouco mais despojado, mas isso não quer dizer que ele seja pior. Os dois têm a mesmíssima qualidade no acabamento, nos materiais utilizados.

Eles também compartilham o Active Info Display, que é esse painel digital que já está em vários carros da Volkswagen – até o Polo e o Virtus por exemplo, já usam. O painel é totalmente digital, uma tela de 12 polegadas, que é possível customizar. Você escolhe as informações que você quer privilegiar na tela.

Em relação ao Tiguan, o Passat trás alguns diferenciais em termos de equipamento. Por exemplo, o sistema de infotenimento agrega um comando por gesto, você não precisa apertar botões, que nesse caso nem existe o botão físico. Você quer passar de música? Basta fazer um movimento na frente da tela e ela já muda.

Em termos de equipamento, além do sistema de infotenimento diferenciado, o Passat agrega mais itens. Por exemplo: tanto o motorista, quanto o passageiro, tem ajuste elétrico no banco. No Tiguan, só o motorista tem.

Além disso, ele tem até um massageador, ele vai fazendo massagem enquanto você dirige,talvez para diminuir o estresse no trânsito.

E quem leva a melhor nesse comparativo inusitado entre um sedã e um utilitário esportivo?

Bom, você decide. Mas para quem quer mais espaço e talvez mais versatilidade, o Tiguan é a opção mais apropriada. Já quem quer um acabamento mais sofisticado, mais equipamentos, um aspecto mais sóbrio e também uma dirigibilidade mais afiada, o Passat é a opção mais viável.

Ficha técnica Passat Highline Tiguan R-Line
Motor Dianteiro, transversal, gasolina, 1.984 cm³ cm³, com quatro cilindros, 16 válvulas, turbo, injeção direta  Dianteiro, transversal, gasolina, 1.984 cm³ cm³, com quatro cilindros, 16 válvulas, turbo, injeção direta
Potência 220 cv entre 4.500 e 6.200 rpm  220 cv a 5.000 rpm
Torque 35,7 kgfm entre 1.500 e 4.400  rpm  35,7 kgfm entre 1.600 a 4.200
Transmissão automatizada de dupla embreagem sequencial de seis marchas, tração dianteira automatizada de dupla embreagem sequencial de sete marchas, tração integral
Suspensão  McPherson na dianteira e multilink na traseira  McPherson na dianteira e multilink na traseira
Freios discos ventilados na dianteira e discos sólidos na traseira, com ABS  discos ventilados na dianteira e discos sólidos na traseira, com ABS
Direção assistida eletricamente   assistida eletricamente
Dimensões 4,76 m de comprimento, 1,83 m de largura, 2,79 m de distância entre eixos, 1,47 m de altura  4,70 m de comprimento, 1,85 m de largura, 2,79 m de entre-eixos, 1,65 m de altura
Peso 1.499 kg 1.785 kg
Carga útil  581 kg 655 kg
Tanque de combustível 66 litros 60 litros
Porta-malas 586 litros até 686 litros

Fotos Volkswagen | Divulgação

Avalie o conteúdo:
PéssimoRuimRegularBomExcelente (1 votos, média: 5,00 de 5)
Loading...
Clique na estrela para avaliar.
0 Comentários
Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se identificar algo que viole os termos de uso, denuncie.
Avatar
Deixe um comentário