Conceitos do Salão de Genebra provam que beleza não é fundamental

Apesar de apresentarem alto grau de customização e motorizações modernas, conceitos da Nissan, Aston Martin, Volkswagen e Fiat têm designs questionáveis

Por AutoPapo 08/03/19 às 15h29

Acontece, até o dia 17 de março, na Suíça, o Salão do Automóvel de Genebra. O evento é tradicionalmente reconhecido por apresentar ao mundo superesportivos e tendências do universo automobilístico. O AutoPapo reuniu quatro conceitos expostos que antecipam o que os lançamentos da Nissan, Aston Martin, Volkswagen e Fiat devem entregar aos motoristas.

Chamam atenção a presença de motores elétricos, desempenho ágil, direção autônoma e visuais um tanto quanto questionáveis dos conceitos.

Nissan IMQ Concept

A Nissan aproveitou o Salão para apresentar o IMQ Concep, que parece uma caixa de metal e oferece um conjunto elétrico capaz de entregar 340 cavalos e 71 kgfm de torque.

Seu sistema conta com um motor 1.5 a gasolina como gerador para recarregar a bateria, responsável pela alimentação dos motores elétricos. Outro destaque do IMQ é o modo de condução autônoma, que combina a realidade com um mundo virtual.

O conceito é um SUV de 4,56 metros equipado com luzes diurnas com tecnologia LED, teto panorâmico e caixas de rodas com linhas bem marcadas.

Selecionamos quatro conceitos apresentados no salão de Genebra que adiantam tendências do mercado automobilístico. Beleza não é uma delas.
Nissan IMQ concept mistura tradição japonesa no design com tecnologia de ponta

Por dentro, o IMQ é bem limpo. Não estão presentes no conceito mostradores ou painel de instrumentos. No lugar deles, uma tela colorida de 33 polegadas com informações e aplicativos de entretenimento.

Para conhecer melhor o conceito, veja o vídeo abaixo:

Avalie o conteúdo:
PéssimoRuimRegularBomExcelente (1 votos, média: 5,00 de 5)
Loading...
Clique na estrela para avaliar.
0 Comentários
Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se identificar algo que viole os termos de uso, denuncie.
Avatar
Deixe um comentário