DPVAT: políticos se movimentam para ressuscitar o seguro obrigatório

Uma Medida Provisória decretou o fim do DPVAT, o seguro obrigatório... Mas o Congresso pode ressuscitá-lo e devolvê-lo para a Seguradora Líder

Por Boris Feldman 23/11/19 às 09h00

Na semana passada, o presidente Bolsonaro assinou uma Medida Provisória (MP) para extinguir o seguro obrigatório, o DPVAT. A ideia, primeira, dessa medida provisória é colocar um fim à Seguradora Líder, porque ela detém o monopólio de tudo que nós, motoristas, pagamos a título de seguro obrigatório.

Porém, muitos questionaram: “e as vítimas do trânsito? E os acidentados? Quem vai tomar conta disso?”. Pois eu conversei com exclusividade com a senhora Solange Vieira, que é superintendente da Susep. E ela me disse que a Susep já está estudando o segundo passo, de como continuar protegendo os acidentados do trânsito.

Ou seja, todos sabemos que a Medida Provisória não foi completa. Agora, vai se resolver como continuar a proteção ao cidadão brasileiro.

E nem precisa repetir aqui: a Seguradora Líder já sofreu vários processos do Ministério Público; a Susep já comunicou à Polícia Federal todas as maracutaias, as fraudes, que desviaram bilhões de reais dos seus cofres.

Entretanto, para que essa MP seja efetivada, o Congresso tem que aprová-la em até 120 dias. Já está sendo constituída uma comissão mista, Câmara e Senado, para estudar essa medida.

Mas já estão chegando os primeiros sinais de que, como sempre, a classe política vai agir para os interesses dela e não do público. Tanto que a comissão constituída para examinar essa medida provisória já teve seu presidente nomeado.

Quem? O “seu” Lucas Vergílio. Quem? Ele é da área de seguros, então é como pedir a raposa para tomar conta do galinheiro, porque eles, obviamente, vão agir no próprio interesse e não da população.

Vamos ficar de olho atento nessa comissão mista que vai examinar a “Medida Provisória do DPVAT”.

dpvat seguro obrigatorio lider shutterstock
Avalie o conteúdo:
PéssimoRuimRegularBomExcelente (7 votos, média: 4,14 de 5)
loadingLoading...
Clique na estrela para avaliar.
SOBRE
36 Comentários
Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se identificar algo que viole os termos de uso, denuncie.
  • Avatar
    Custodio 30 de novembro de 2019

    Eu gostaria de entender pq o AUTOPAPO comprou essa briga contra o Seguro Dpvat, qual o interesse se esconde por trás disso?? O AUTOPAPO não me representa!! DPVAT hj custa R$ 16,00 e ou bem ou mal ainda retorna alguma coisa, e o IPVA que custa muito mais caro do que o DPVAT e não retorna nada, pq o AUTOPAPO não compra essa briga??

  • Avatar
    Deivison 26 de novembro de 2019

    Não concordo com a extinção do seguro DPVAT pois quando uma família que perder um pai e uma mãe em um acidente de trânsito como o INSS ou o SUS pode ajudar os filhos e familiares, já pensaram nisso gente então antes de tirar um seguro social de *16.00 reais* pago uma única vez no ano e que cobre todos os brasileiros pense nisso primeiro.
    Outra coisa o seguro DPVAT não é mais um imposto no bolso dos brasileiros como muitos dizem essim um seguro obrigatório que faz que todos os brasileiros têm direito ao seguro num momento de fragilidade família e financeira das vítimas que sofre acidente de trânsito no Brasil, nem um lugar do mundo tem esse tipo de seguro isso mostra que somos referência e exemplo no mundo todo.
    O governo fala tanto em corta gastos mais assina uma *(MP medida provisoria)* tirando do sus *33 bilhões* que foi repassado para o sus turante 10 anos , e para o Denatran foram 233 milhões de reias.
    VOU CONTA UMA HISTORIA AGORA, TODOS NOS SABEMOS QUE UMA CASA QUE JÁ TEM 11 ANOS (DPVAT ) PRECISA DE UMA REFORMA , ENTÃO O PAI *(PRESIDENTE JAIR MESSIAS BOLSONARO)* QUE E O CABEÇA DA CASA DECIDE FAZER UMA REFORMA E COMEÇA A ANUNCIA A TODOS QUE VAIS FAZER UMA REFORMA NA CASA *( SOLANGE VEIRA PRESIDENTE DA SUSEP , PAULO GUETS MINISTRO DA ECONOMIA )* MAIS EM VEZ DE REFORMA A CASA O PAI DERRUBA A CASA *( MP MEDIDA PROVISORIA DPVAT )* E DEIXANDO A ESPOSA OS FILHOS SEM A CASA QUE O ÚNICO PORTO SEGURO DA FAMÍLIA , DEPOIS DE TUDO ISSO O PAI ENVIAS A FAMÍLIA PARA MORA COM OS VIZINHOS (SUS E INSS ) MORAL DA HISTORIA O PAI NÃO SÓ DESTRUIU A CASA MAIS TAMBÉM A FAMÍLIA .

  • Avatar
    VALDINEI A PEGUIM 25 de novembro de 2019

    A pergunta que os políticos deveriam nós responder e porque outras comissões de interesse do povo brasileiro , não se criam as comissões tão rapidamente??

  • Avatar
    Roberto 25 de novembro de 2019

    Concordo com o fim do DPVAT.
    Por outro lado, sou da opinião que todo proprietário de veículo deve ter responsabilidade sobre o mesmo e, portanto, deve ser obrigado a contratar um seguro contra terceiros, seja por danos materiais ou danos pessoais.
    E mais, que esse seguro tenha um valor de cobertura suficientemente elevado para indenizar corretamente as eventuais vítimas, não deixando nenhuma vítima ou familiar desamparado.
    Aqueles proprietários responsáveis que não se envolverem em acidentes, acumulam ano a ano, bons descontos quando da renovação desse tipo de seguro.

  • Avatar
    Marcia 25 de novembro de 2019

    Caro Feldman,
    Com todo respeito, o Sr deveria pesquisar seus entrevistados. Sra Solange entende muito de Fundo de Pensão, de seguro,, ela não entende nada, muito menos de DOVAT! Não fosse isso, a MP não teria tantos “equívocos”.
    Salvo engano, o DPVAT reúne 70% das seguradoras do mercado, qualquer seguradora entra ou sai do consórcio a qualquer tempo, dentro de determinadas regras, portanto, não se constitui monopólio – isso foi uma versão que a Sra.Solange ouviu de empresários do seguro interessados em fatiar o mercado das seguradoras conservadoras, e ela embarcou de inocente.

    • Avatar
      Marcia 25 de novembro de 2019

      Outro ponto: no passado, a operação era descentralizada. Cada cidadão escolhia sua seguradora para emitir a apolice do seguro DPVAT. Na hora de acionar, ninguém lembrava qual seguradora tinha emitido a apolice. Obviamente, a operação descentralizada tem um custo operacional bem mais alto.

      • Avatar
        Marcia 25 de novembro de 2019

        Outro ponto: a MP foi justificada por conta de as fraudes levantadas pela Operacso Tempo de Despertar, em 2015, envolvendo alta cúpula da SUSEP inclusive. De lá pra cá, os administradores do Consórcio foram afastados e foram contratados novos administradores, que vêm transformando toda a operação desde 2016, o que está sendo acompanhado doutrinamentos por técnicos do TCU e SUSEP. Agora q a operação está ficando enxuta, cm as fraudes e contratos suspeitos sanados, bilhete a 16,00 querem acabar ? Bem estranho …
        *
        EDITADO

    • Avatar
      Marcia 25 de novembro de 2019

      Outro ponto: não ser obrigatório é um retrocesso!
      Seguro são ferramentas de ajustes em todo país, seja capitalista ou socialistas. Nos EUA e na Europa seguro tipo o DPVAT é obrigatório: ninguém tira um carro da concessionária, transfere ou aluga um veículo sem contratar seguro de responsabilidade civil.

    • Avatar
      Marcia 25 de novembro de 2019

      Outro ponto: a turma (do Didi) da Solange induziu nosso caríssimo presidente Bolsonaro a cometer crime de responsabilidade fiscal, não indicando a fonte de receita para abrir mão, a longo prazo, dos 45% da receita do DOVAT para o Sus e 5% para o DENATRAN.
      Para finalizar, não sabia que é o consórcio que paga 280 milhões e administra a logística para a emissão do papel das licenças de todos os veículos do país. Os DETRANs já declararam que não tem nem recursos nem tempo hábil para fazer uma licitação em dezembro para começarem a emitir os documentos, descentraluzadamente, a partir de 01/01/2020.
      Se a MP não cair ou for modificado, não vai poder circular veículos no país a partir de 01/01/2020!
      😂

  • Avatar
    Rogério 24 de novembro de 2019

    Boa noite sofri acidente dei entrada e não recebi

  • Avatar
    Tales 24 de novembro de 2019

    eu acho que não se deve acabar com o seguro dpvat ,tem que rever o valor cobrado não só do dpvat mas também de todos os outros documentos necessários para ter um veículo em dias, colocar um valor acessível a todos que não fique pesado no bolso do trabalhador .

  • Avatar
    Thales Wander Conceição silva 24 de novembro de 2019

    eu acho que não se deve acabar com o seguro dpvat ,tem que rever o valor cobrado não só do dpvat mas também de todos os outros documentos necessários para ter um veículo em dias, colocar um valor acessível a todos que não fique pesado no bolso do trabalhador .

  • Avatar
    Ailton Carlos Pereira De Souza 24 de novembro de 2019

    Se querem ajudar então corta o IPVA não o dpvat,ele é muito importante para ser retirado assim, Bolsonaro nunca precisou do sus por isso é que o dpvat não tem importância para ele.

    • Avatar
      Wesley Carvalho 25 de novembro de 2019

      Eu precisei do SUS em um acidente de trânsito e em resumo o eu ia ter que esperar 4 meses para cirurgia, no fim eu tive que pagar 6 mil reais por um cirurgia, recebendo apenas 2300 reais do DPVAT, que seguro é esse que não cobre nem uma cirurgia, tem que acabar sim, já passou da hora.

  • Avatar
    CARLOS Henrique Alves de Lima 24 de novembro de 2019

    Afinal em que sistema político nós vivemos, parlamentarismo ou judicíalismo,toda medida de iniciativa do governo, por mais simples que seja, é contestada,quando não é no congresso é no judiciário, e o pior, a revelia da vontade do povo, é uma perseguição implacável ao presidente, eleito legitimamente pela maioria da população.

  • Avatar
    Cleber 24 de novembro de 2019

    Às nossas preocupações de ter um seguro pode ser até ótima mas o que eles deveriam tirar mesmo é o IPVA aí sim seria uma ótima conquista pra nós brasileiros

    • Avatar
      Adeildo 24 de novembro de 2019

      Totalmente de acordo.

    • Avatar
      GEOCIMAR DA COSTA MUNIER 24 de novembro de 2019

      DPVAT é um seguro como qualquer outro e o cidadao tem direito de escolher se aceita pagar ou nao…ja IPVA é imposto como IPTU,ICMS e etc!! movimentam a economia do país e reponsaveis pela saude,rodovias e educação… DPVAT é seguro como qualquer outro seguro…vc que tem que escolher se quer pagar ou não…nao te obrigar a pagar negocio que nao tras beneficios a saude,educação e etc! se quizer continuar com DPVAT é só cada um imprimir e pagar o seu normalmente e opcional!!

  • Avatar
    Ronaldo 24 de novembro de 2019

    O seguro obrigatório é um assalto.
    Eu mesmo sofri um acidente e quem pegou foi o SUS, já pagamos impostos para manter o SUS.
    No meu caso paguei duas vezes, fora o bolso dos magnatas que se inrequessem com o DPVAT.

  • Avatar
    Observador 24 de novembro de 2019

    Na Europa e EUA é obrigatório se ter seguro para andar de veículos automotores. Se nestes lugares você se envolver em um acidente de trânsito e não tiver … responde criminalmente só por essa desobediência. Mas lá você que escolhe a Seguradora!!!!

  • Avatar
    Fellipe Crispim 24 de novembro de 2019

    O valor do DPVAT deveria ir para à escolas, pois as pessoas não sabem mais escrever corretamente!

  • Avatar
    Jacqueline pontes 24 de novembro de 2019

    A desculpa é roubo ,mais que o povo sabe que é capricho do presidente por desafeto .
    E ele sabe que prejudica milhões de pessoas menos favorecida.
    Prejudica a saúde .
    Quer que o SUS e o INSS resolva os problemas saúde já é ruim fica pior o INSS corta até pessoas que realmente está doente mesmo .
    Vamos deixa de ser ipocrita e procurem trabalhar correto .
    E pagar o que é justo .
    Se pago o seguro pagem o que é justo pra quem se acidenta .
    Não concordo que o seguro DPVAT acabe ,mande este presidente envestigar a mega Sena aí sim vcs vai ver o roubo .

    • Avatar
      Ailton Carlos Pereira De Souza 24 de novembro de 2019

      é verdade, eles só retira aquilo que beneficia o pobre

      • Avatar
        Sailor 24 de novembro de 2019

        Roubam a comida dos que trabalham e dão uma migalha prós cachorros sarnentos que se acham pobres mas quando acidentados são abandonados nas mãos do SUS…tem que acabar sim com este imposto que ferra principalmente os motoqueiros…

      • Avatar
        Virginia 10 de dezembro de 2019

        Motoqueiro paga mais porque se acidentam mais. Simples assim.

        Ta ruim? Paga tudo particular sem reclamar.

      • Avatar
        Wesley Carvalho 25 de novembro de 2019

        Eu sou pobre e sempre paguei seguro DPVAT, e quando precisei em um acidente que sofri não deu nem para pagar a cirurgia, no fim das contas a cirurgia ficou quase 3 vezes o valor que recebi, e nem adianta falar do SUS que mesmo recebendo a metade de todo dinheiro pago para o DPVAT não me serviu.A realidade só sabe que sofreu acidente e precisou desse DPVAT que não funciona. Tem que ser obrigatório, mas com opção de escolha de seguradora.

      • Avatar
        Viviane 10 de dezembro de 2019

        Melhor receber alguma coisa do seguro DPVAT do que não receber nada.

        Ao invés de reclamar, porque não pagou tudo particular e pronto?

        Você é um pobre reclama que acha que é rico.

    • Avatar
      Wesley Carvalho 25 de novembro de 2019

      Do que adianta um seguro que não dá para pagar nem a cirurgia. No meu caso eu sofri um acidente em 2017, quebrei o pé e pelo SUS ia demorar 4 meses para fazer a cirurgia, então decidi fazer particular, gastei dinheiro que não tinha, Paguei 6 mil reais na cirurgia e quando foi para receber o DPVAT, recebi apenas 2300 reais. O certo é o seguro ser obrigatório sim, mas com opção de escolha de seguradora.O monopólio tem que acabar, do que adianta um seguro que não paga nem a cirurgia. Um verdadeiro absurdo.

      • Avatar
        Virginia 10 de dezembro de 2019

        É melhor ter recebido 2300 do seguro do que não ter recebido nada.

        Pensa!

  • Avatar
    Adriana 23 de novembro de 2019

    Boa Noite
    O Seguro DPAT deve continuar,
    Por que? e o único seguro que a população pobre tem condição,de pagã
    vai progitica a classe pobre

    • Avatar
      Marco Antônio Koch de matos 24 de novembro de 2019

      Então todos deveriam pagar, não só os proprietários de veículos! E outra uma puta burocracia para receber, tem acidentes que invalidam temporariamente e gera prejuízo material que eles nunca reembolsam. Pedestres que atravessam fora da faixa e não respeitam o espaço do veículo deveriam pagar tbm

      • Avatar
        Aloyr 24 de novembro de 2019

        Concordo plenamente

  • Avatar
    Adriana 23 de novembro de 2019

    Boa Noite
    O Seguro DPAT deve continuar,
    Por que? e o único seguro que a população pobre tem condição de pagar
    isso é briga política

  • Avatar
    Antonio Donizeti Martins 23 de novembro de 2019

    No país dos impostos se um quer diminuir, a maioria quer aumentar. É como é a maioria que manda. Além do mais temos que sustentar este estado inchado de políticos e de benesses, cabendo ao cidadão apenas pagar…….. pagar e pagar.

  • Avatar
    Edi mais 23 de novembro de 2019

    Bom para a população seria acabar com o IPVA. Esse sim enche os bolsos doa políticos e ninguém da população vê a aplicação desses recursos, pois, são bilhões de reais desviados. Se um motorista atropelar uma vítima e se evadir do local, o seguro DPVAT, cobre os danos a essa pessoa ou a sua família em caso de óbito. E o IPVA? Serve para quê?

    • Avatar
      Paulo 27 de novembro de 2019

      Perfeita sua colocação. O IPVA é um absurdo. Já uma parte do DPVAT, além de auxiliar os acidentados, vai para o SUS.

Avatar
Deixe um comentário