Ferrari 488 Pista Spider é lançada em Pebble Beach

Nova configuração conversível da 488 Pista também carrega o motor V8 mais potente da história da marca italiana

Por AutoPapo29/08/18 às 09h35

Foi lançada, nos Estados Unidos, a Ferrari 488 Pista Spider. O modelo é a versão conversível da 488 Pista, lançada em março durante o Salão de Genebra. Tanto a configuração cupê quanto a nova conversível carregam o motor V8 mais potente da história da marca italiana.

Ferrari 488 Pista Spider

O motor 4.0 biturbo da Ferrari 488 Pista Spider tem 720 cavalos de potência, e pode alcançar 100 km/h em 2,85 segundos. O torque máximo é de 78 kgfm, disponíveis às 3.000 rpm, na sétima marcha. De acordo com a fabricante, o torque é continuamente ampliado em todas as velocidades para oferecer uma aceleração contínua e infinita, até o limite do motor.

Quanto ao design conversível da Ferrari 488 Pista Spider, a marca afirma que buscou manter a relação entra a resposta aerodinâmica, a forma da carroceria e a esportividade do veículo.

O design é coordenado pela faixa central na pintura, presente também na 488 Pista cupê. As rodas são de 20 polegadas, com acabamento diamantado. Um opcional são rodas de fibra de carbono que, segundo a marca, reduzem em 20% o peso do componente.

No interior, a italiana optou por investir na leveza do veículo. Assim, aplicou materiais como a fibra de carbono, o couro Alcântara em todos os revestimentos e a substituição dos carpetes por placas de alumínio. Nem mesmo a maçaneta do motorista foi poupada, se transformando em uma alça de tecido.

A Ferrari 488 Pista Spider mantém toda a engenharia da configuração cupê da qual deriva. Assim, traz a experiência da marca colocada em testes de pista com modelos como a 488 Challenge e a 488 GTE.

Tecnologias de assistência também aparecem na Ferrari 488 Pista Spider

Como a maioria dos esportivos modernos, a 488 Pista Spider precisa de tecnologias de assistência à condução para torná-la “dirigível” nas mãos de motoristas comuns. Entre essas, o modelo conta com o novo sistema de controle de dinâmica lateral da marca.

O Ferrari Dynamic Enhancer (FDE), algo como “otimizador de dinâmica”, em tradução direta, foi pensado para tornar o veículo mais previsível, controlável e intuitivo quando for colocado no limite.

Fotos Ferrari | Divulgação

0 Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se identificar algo que viole os termos de uso, denuncie.
Deixe um comentário