Novas Ranger e Amarok serão uma só em união de Ford e Volkswagen

A colaboração entre as duas, que já havíamos adiantado, foi oficializada e também inclui veículos elétricos e autônomos

Por AutoPapo12/07/19 às 18h12

Como o AutoPapo adiantou, em primeiro mão, as gigantes Ford e Volkswagen estão iniciando uma aliança global. Como já sabíamos, a parceria vai envolver a fabricação de veículos comerciais. Agora, também foi confirmado que Ranger e Amarok serão feitas conjuntamente.

ford e volkswagen

Os detalhes da parceria foram revelados durante uma coletiva de imprensa, na sexta-feira (12), que oficializou a união. Entre os diversos pontos discutidos, o destaque foi a colaboração na fabricação de picapes de médio porte.

Como já se especulava, modelos da Ford e Volkswagen vão ser produzidos conjuntamente com o objetivo de reduzir custos. Assim, as concorrentes Amarok e Ranger terão a mesma plataforma, produzida pela Ford.

Ranger e Amarok: A colaboração entre a Ford e Volkswagen, que já havíamos adiantado, foi oficializada e também inclui veículos elétricos e autônomos
A partir de 2022, novas Amarok e Ranger terão a mesma plataforma, fabricada pela Ford

O acordo, que não envolve participação acionária e é muito diferente da Autolatina do passado, dará fruto aos primeiros veículos em 2022. Então, os novos modelos das duas picapes serão irmãs.

Ford e Volkswagen também vão colaborar em autônomos e eléricos

Além disso, a Ford e Volkswagen também vão unir seus esforços para o desenvolvimento de veículos autônomos. Isso será feito através da companhia Argo AI, na qual a Ford investiu US$ 1 bilhão em 2017.

Agora, a Volkswagen terá a mesma participação na companhia, à qual o CEO da Ford, Jim Hackett, se referiu como a mais avançada do mundo. Também de acordo com ele, com o investimento da alemã, a Argo AI se tornará o novo patamar tecnológico do setor, a nível global.

ford suv eletrico baseado no mustang
Ford anunciou que vai desenvolver um SUV elétrico baseado no Mustang

De seu lado, a Ford receberá da Volkswagen a estrutura MEB, desenvolvida para carros elétricos após investimento de US$ 7 bilhões. Ela já é utilizada no ID.3, primeiro elétrico da alemã, que já está em pré-venda em alguns países.

A Ford pretende desenvolver um carro elétrico acessível em cima da estrutura até 2023, que será lançado, inicialmente, na Europa. A americana também anunciou outros investimentos para a região, na qual pretende fazer uma reinvestida.

Entre eles, estarão quatro novos modelos, incluindo um SUV elétrico baseado no Mustang.

Fotos Ford, Volkswagen | Divulgação

Avalie o conteúdo:
PéssimoRuimRegularBomExcelente (1 votos, média: 5,00 de 5)
Loading...
Clique na estrela para avaliar.
1 Comentário
Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se identificar algo que viole os termos de uso, denuncie.
  • Avatar
    Fabio 12 de julho de 2019

    É o fim da Ford. A WV vai fabricar uma verdadeira pick-up -Ranger-, com a marca WV, sem investir nada.

Avatar
Deixe um comentário