Honda Fit 2019: versões, consumo, preços e manutenção

Nova linha parte de R$ 60,5 mil e chega a R$ 83,3 mil; diferencial fica por conta das luzes de rodagem diurna em LED em todas as cinco versões

Por AutoPapo10/09/18 às 18h00

A Honda apresentou a versão 2019 do hatch compacto Fit. Como maior mudança, o modelo que ficou aproximadamente R$ 2.000 mais caro apresenta luzes de rodagem diurna em LED em todas as cinco versões. Honda Fit 2019 é equipado com o motor 1.5 flex oferecido em conjunto com o câmbio manual ou CVT.

Outras novidades da nova linha são a adoção da nova central multimídia, desenvolvida no Brasil, na versão EX e a disponibilização da cor vermelha. Neste ano, 2018, o modelo recebeu novo design frontal e traseiros, relembre as alterações.

A versão de entrada do Honda Fit 2019 custa R$ 60,5 mil, R$ 1.800 a mais do que a configuração mais simples de 2018.

Honda Fit 2019: motorização

Toda a linha Fit é equipada com o motor 1.5. Com etanol, esse propulsor gera 116 cv de potência a 6.000 rpm e 15,3 kgf.m de torque a 4.800 rpm – quando abastecido com gasolina, são 115 cv a 6.000 rpm e 15,2 kgf.m a 4.800 rpm.

Linha 2019

DX

Todas as versões do Honda Fit 2019 oferecem ar-condicionado, direção elétrica, vidros elétricos em todas as portas, regulagens de altura e profundidade da coluna de direção. Com relação à segurança, a linha apresenta controle de tração e estabilidade, e assistência de partidas em rampas. A DX apresenta câmbio manual, airbags frontais e rodas de alumínio 15 polegadas.

O Honda FIT 2019 ainda apresenta luzes de rodagem diurna em LED, sendo posicionadas no para-choque nas versões DX, Personal, LX e EX, e nas extremidades dos faróis na versão EXL, que possui o conjunto óptico em LED.

Personal

Câmbio CVT, rodas de aço 15″, dois airbags frontais e piloto automático.

LX

Alem da configuração modular dos bancos, a linha LX 2019 apresenta rádio AM/FM e CD player com visor LCD de 5″, Bluetooth, e câmera de ré com três ângulos de visão. O sistema HFT (Hands Free Telephone) possibilita o atendimento de uma ligação por meio da conexão sem fio juntamente com a função de viva-voz. As rodas da versão LX são de alumínio e possuem aro 15.

EX

A configuração EX do Honda Fit 2019 possui os todos os itens das versões anteriores e central multimídia com conectividade (Apple CarPlay e Android Auto), sistema sonoro composto de quatro alto-falantes, reconhecimento de voz, visualização da câmera de ré com três ângulos de visão, indicação de distância por cores, quatro airbags e ar-condicionado digital.

EXL

Todos os equipamentos já citados mais o conjunto óptico em LED e seis airbags (frontais, laterais e de cortina).

Honda Fit 2019

O Honda Fit 2019 chega ao Brasil mais caro (em média R$ 2 mil) e com apenas uma novidade nos itens de série: as luzes de rodagem diurna em LED.
Foto Honda | Divulgação

Consumo

De acordo com o Programa de Etiquetagem Veicular do Inmetro, o Honda Fit 2019 faz:

Manual

Combustível  Relação Km/L
Etanol na cidade 8,3
Etanol na estrada 9,5
Gasolina na cidade 11,6
Gasolina na estrada 13,6

CVT

Combustível  Relação Km/L
Etanol na cidade 8,3
Etanol na estrada 9,9
Gasolina na cidade 12,3
Gasolina na estrada 14,1

Valores

Versão Câmbio Preço 2019 Preço 2018
DX MT R$ 60.500 R$ 58.700
Personal CVT R$ 68.700 R$ 68.700
LX CVT R$ 72.800  R$ 70.100
EX CVT R$ 78.300 R$ 75.600
EXL CVT R$ 83.300 R$ 80.900

Preços das revisões do Honda Fit 2019

A linha possui três anos de garantia, sem limite de quilometragem. Os valores das revisões até 60 mil quilômetros estão registrados abaixo:

Quilometragem Preço versão manual Preço versão CVT
10 mil km  R$ 252,94  R$ 299,10
20 mil km  R$ 436,90 R$ 436,90
30 mil km  R$ 501,43  R$ 501,43
40 mil km  R$ 1.405,71 R$ 1.760,70
50 mil km  R$ 501,43 R$ 501,43
60 mil km  R$ 1.387,40 R$ 1.387,40

Honda Fit 2019 em imagens

Cores disponíveis no Honda Fit 2019

Além das cores tradicionais: branco sólido, azul, prato e cinza metálico, preto e branco perolizado, a nova linha traz a opção do vermelho metálico.

7 Comentários
Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se identificar algo que viole os termos de uso, denuncie.
  • Ronaldo Dantas 10 de setembro de 2018

    Propaganda enganosa da Honda pois já tentei comprar o fit com câmbio manual em Salvador-Bahia e não tem, não encomendam e ainda tratam você com desprezo para lhe forçar a comprar o automático !

  • Anderson 10 de setembro de 2018

    Ronaldo, veja outras marcas q tem melhor custo-benefício, incluindo o Yaris!

  • Ricardo Roehe 12 de setembro de 2018

    “Olha vocês não tem noção do que estou passando com esta marca HONDA, estou com um HONDA CITY com menos de 30.000km TODO ENFERRUJADO, 24 pontos de FERRUGEM e aumentando, HONDA mandou fazer uma REPINTURA nos locais, RETORNOU a FERRUGEM no mesmo luga. Bancos dianteiros enferrujados, Bancos traseiros também, final da história, concessionária pintou deixou o veículo de uma cor e capô de outra, HONDA hoje lava as mãos, quer que eu entre na JUSTIÇA, veja vc mesmo, procure no google: HONDA FERRUGENS e vai ver o que estou passando, de nada adianta fazer novos lançamentos se a empresa ignora o consumidor no pós venda, um verdadeiro descaso com os Brasileiros.”

  • Luiz 12 de setembro de 2018

    Olá. Na reportagem diz que o Fit Personal 2019 terá luzes de rodagem diurna. E quanto aos faróis auxiliares, que na versão EX 2018 vinham integrados as luzes de rodagem diurna ? Também virão no Personal 2019 ?

  • Antônia Medeiros 1 de outubro de 2018

    Porque o Honda fit é tão caro! Já que tem ouros tão bons quanto ele e estam tentando empurrar o automático em todos os clientes! Dizendo ser melhor! Se fosse melhor não precisariam empurrar goela a baixo dos clientes!

  • Celso Rocha Sepeda 25 de dezembro de 2018

    Comprei o FIT 2019
    Lamentavelmente fui surpreendido ao saber que não vem mais com o kit conforto, acionador dos vidros ao fechar o carro.
    Mais surpreso ainda foi ao saber que a Honda não tem e nem pretende homologar uma marca para que os proprietários possam colocar.
    Em resumo, não adianta solicitar e não se pode instalar por contra própria pois causa a perda da garantia do sistema elétrico.
    Uma falha da Honda.

    • Ricardo 29 de dezembro de 2018

      Também comprei e me arrependi. Sou PCD, o carro saiu no valor de 52 mil (era 68 , sem desconto), e é um absurdo entregarem o carro desse valor sem radio e somente com a roda de ferro preto. Queiram empurrar o kit de roda+som por 5 mil… Achei pessimo, e fui mal atendido na concessionária da Pompéia (SP), desde o início do processo.
      Eu tinha o 2014, e na época veio a liga leve e um som comum, por 10 mil a menos.

Deixe um comentário