Já dirigimos o Toyota Yaris sedã: confira nossas impressões

Experimentamos a versão top de linha XLS, equipada com motor 1.5 e transmissão automática do tipo CVT com sete marchas simuladas

Por Paulo Eduardo08/06/18 às 13h00

De São Paulo* – A Toyota apresentou ontem o Yaris, com carrocerias hatch e sedã , cujos preços partem de R$ 59.590 e  R$ 63.990, respectivamente. O modelo pode ser equipado com motor 1.3 16V, capaz de render até 101 cv de potência, com etanol ou 1.5 16V, de até 110 cv, com o mesmo combustível. Hoje, o AutoPapo já experimentou a versão sedã e traz as impressões sobre o comportamento do veículo.

Dirigimos a versão topo de linha XLS do Yaris sedã, com quatro ocupantes e porta-malas cheio. Simulamos situação comum no cotidiano de uma família. Motorista encontra logo a posição de dirigir, com regulagem de altura do banco. Sente-se a falta da regulagem de distância da coluna de direção. Há somente a de altura. Assentos curtos nos bancos dianteiros e traseiro limitam o conforto. Para entrar no banco de trás é preciso abaixar a cabeça. Falha em ergonomia. Caída da capota dá estilo, mas limita acesso. Passageiros com altura acima de 1,80 metro esbarram a cabeça no teto.

Porta-malas enorme tem abertura interna e há regulagem de altura de facho dos faróis. Acabamento bem-feito com plástico duro no painel central e forros de portas. Comandos bem localizados e quadro de instrumentos de leitura imediata. Falta o indicador de temperatura do motor.

Volante tem boa pega e comandos de telefonia, computador de bordo e áudio. Suspensão privilegia a estabilidade sem ser desconfortável em piso irregular e é silenciosa, mantendo o nível de ruído baixo no habitáculo. Carroceria inclina moderadamente em curvas sem tirar confiança do motorista. Pneus de perfil 60 e roda aro 15 minimizam a transferência das imperfeições para o habitáculo. A direção tem calibragem correta, sendo leve em manobra e firme em velocidade mais altas. Porém, não tem sensibilidade para o motorista sentir o controle do carro.

O Yaris sedã é agradável de dirigir. Motor 1.5 é suficiente para desempenho familiar sem ser lerdo. Demora um pouco a reagir tanto na aceleração quanto nas retomadas por causa do câmbio CVT. Trocas manuais são feitas por meio de aletas no volante. Há sete marchas virtuais programadas. O comportamento dinâmico agrada para a proposta do carro, previsível e sem sustos.

Freios deveriam ser um pouco mais eficientes para diminuir o espaço de frenagem. Controles de tração e estabilidade funcionam bem. Constatamos isso em uma pista de kart, onde aconteceu o test-drive.

Fotos Toyota | Divulgação

*O jornalista viajou a convite da Toyota

20 Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se identificar algo que viole os termos de uso, denuncie.
  • amauri 25 de outubro de 2018

    achei que demora muito para entrega principalmente para cartas especiais que e o meu caso

  • Fernando 26 de setembro de 2018

    Adoro o GM Onix!

  • Francisco 1 de agosto de 2018

    Tenho um etios xls 2015/2015 também gosto muito apesar do zero que dou para o painel ser deslocado para direita e numa estrada tenho que parar de olhar pra frente e olhar pro painel pra conferir a velocidade, na alta velocoidade isso necessita ser costante, olho pra direita e pra frente é desconfortavel e me desorienta

  • Sérgio Ricardo 4 de julho de 2018

    De fato, com relação aos assentos curtos nos bancos dianteiros , fiz o test-drive e constatei o mesmo problema. As pernas não ficam devidamente apoiadas e, dessa forma, acaba forçando a coluna a sustentar a perna direita, que acelera e freia. Isso em uma viagem é terrível, causa dores nas costas , principalmente para quem, como eu, sofre de problemas na coluna. Mais um desrespeito ao consumidor, principalmente o PCD. Lamentável, espero que a Toyota corrija esse problema grave, caso contrário perderá muitos clientes.

  • ANTONIO CARLOS PAULA 25 de junho de 2018

    Sou Taxista e tenho um etios 2014/15 está com 106.000 km nunca quebrou nada nem pastilha foi trocada pneus só foram trocados os dois dianteiros. Sem dúvida é o melhor carro que já tive.

  • DAVY 21 de junho de 2018

    TENHO UM TOYOTA ETIOS SEDAN 2014 RESUMINDO ÓTIMO. MÁS ESPERAVA MAIS DO YARIS.

    • R. Joaquim 16 de julho de 2018

      Concordo. Também tenho um Etios. O meu é um Sedan AT 16/17 e estou muito satisfeito com ele.
      Estava me programando para trocar ele pelo Yaris Sedan AT, mas desisti.
      Esperava que o Yaris tivesse um motor mais potente e um tanque de combustível com mais capacidade para uma autonomia maior em viagens.
      Hoje não vejo nenhuma vantagem trocar o Etios pelo Yaris.

  • Júnior 16 de junho de 2018

    Resumindo vc compra a marca.

  • Ze da economia 13 de junho de 2018

    Legal, to fazendo 60Km/l descendo a serra.

  • Juliano Zebral 11 de junho de 2018

    O entusiasmo veio abaixo pois esperava mais espaço interno deste carro desing muito bonito mas desconfortável para pessoas acima de 1,80m, como dirigir um carro desses com o incômodo durante uma viagem longa? Esperava mais da Toyota pois tinha tudo para desbancar o Virtus e o Polo qu ainda tem mais espaço interno. Que decepção.

  • João Luís 9 de junho de 2018

    Boa Noite, tenho uma dúvida que é saber se já existe um modelo do Yaris Hatch e Sedan para PcD, e se eles virão pelados?!

    • Helio 23 de junho de 2018

      Pelados bem tanto, mais o.prazo de entrega vai ser longo pelo tamanho da fila de espera.

    • Márcio 6 de novembro de 2018

      Sim tem acabei de comprar um sedam

  • Liduina Távora 9 de junho de 2018

    Comprei um Audi 2017/2017,mas tenho tido problema com ele, já levei na assistência autorizada 4vezes e ele continua com o mesmo problema,a luz do catalisador acesa direto sinto cheiro de combustível dentro do carro,o que faço,me ajude.

    • ALAAN JOSE KRUK 25 de junho de 2018

      Vende e compra outro! Simples assim, carro deu problema e você quer arrumar mais problema (se a concessionária, montadora etc não estão nem aí para te ajudar e porque não existe lei nenhuma (na prática) que vai lhe ajudar! Um abraço!

  • Beatriz 9 de junho de 2018

    Pequenas falhas no projeto, que apequenam o carro e, ao invés de torná-lo desejável, fazem com que tenhamos dúvidas. Fui dona e sou fã do Corolla, mas esses japoneses só aprendem apanhando.

  • Rafael 8 de junho de 2018

    Tenho Étios XLS 17/18 super comfortavel tanto para os motoristas como passageiros, anda muito, cambio de 4 marchas é exelente não tem trancos e responde muito bem, suspensão perfeita, já fiz 28km\L na estrada com gasolina

  • Danilo 8 de junho de 2018

    Patrão Toyota…….to dentro

  • Celio* 8 de junho de 2018

    “Assentos curtos nos bancos dianteiros e traseiro”.
    Depois de penar mais de cinco anos com um banco problemático, não pretendo mais cair nessa.
    Bancos grandes e confortáveis são cruciais.

  • Antonio Lima 8 de junho de 2018

    Padrão Étios… Tô fora!!!

Deixe um comentário