Toyota Yaris é lançado com preço a partir de R$ 59.590

Lançamento da marca japonesa chega com opção de carrocerias hatch e sedã e motores do Etios retrabalhados; câmbio automático é CVT

Por AutoPapo 07/06/18 às 18h58

A Toyota lançou o Yaris, com opções de carroceria hatch e sedã.  Os preços são a partir de R$ 59.590 e  R$ 63.990, respectivamente. O modelo terá como opção os motores 1.3 (apenas no hatch) e 1.5 (única opção no sedã) que já equipam a linha Etios, porém, com um pouco mais de potência.

powertrain se diferencia pela transmissão automática do tipo continuamente variável CVT (no Etios é automática de quatro velocidades). Apenas as versões de entrada terão câmbio manual. O modelo já está à venda, enquanto a produção será iniciada em 15 de junho para o hatch e 2 de julho para o sedã.

VEJA TAMBÉM:

Confira os preços do Toyota Yaris:

Hatch

Versão Preço
XL 1.3 16V R$ 59.590
XL 1.3 16V CVT R$ 65.590
XL Plus Tech 1.3 16V CVT R$ 69.590
XS 1.5 16V CVT R$ 74.590
XLS 1.5 16V CVT R$ 77.590
Toyota Yaris em versão hatch

Sedã

Versão Preço
XL 1.5 16V R$ 63.990
XL 1.5 16V CVT R$ 68.690
XL Plus Tech 1.5 16V CVT R$ 73.990
XS 1.5 16V CVT R$ 76.990
XLS 1.5 16V CVT R$ 79.990
Toyota Yaris em versão com carroceria sedã

Conteúdo das versões do Toyota Yaris

Desde a versão de entrada XL de câmbio manual, a linha traz de série, computador de bordo, comandos no volante, descansa-braços dianteiro, controle de estabilidade, tração e assistente de partida em rampa. O modelo também possui direção eletroassistida, ar-condicionado, vidros dianteiros e traseiros com acionamento elétrico por um toque, travas elétricas, faróis com regulagem elétrica, faróis de neblina, retrovisor interno eletrocrômico, banco traseiro rebatido 40/60 (sedã), entre outros itens, além dos obrigatórios airbag duplo dianteiro e freios ABS com distribuição eletrônica de frenagem (EBD).

A versão XL com câmbio CVT adiciona os seguintes itens: controle de velocidade de cruzeiro e função Eco Driving do computador de bordo.Já a versão XL Plus Tech passa a contar com descansa-braços traseiro, detalhes internos na cor prata, ar-condicionado automático e digital, chave presencial, banco traseiro rebatido 40/60 na versão hatch e central multimídia com tela de 7” sensível ao toque com funções de rádio AM/FM, MP3, entrada USB, conexão Bluetooth, sistema que permite espelhamento de aplicativos e navegador Tom Tom para sistemas operacionais iOS e Android e Waze para sistema iOS.

A versão XS agrega todos os equipamentos da XL Plus Tech, e volante, manopla do câmbio e revestimento das portas em couro, grade com detalhes cromados, roda de liga leve de 15” Dual Tone (preto e prata), bancos em couro, retrovisor externo com rebatimento elétrico, câmera de ré, tapetes em carpete e computador de bordo com tela de 4.2” em TFT.

Por fim, a versão topo de linha XLS ainda agrega teto solar, sensor de chuva, maçanetas cromadas, faróis projetores com lâmpadas halógenas, lanternas em LED e sete airbags, adicionando aos dois frontais, dois laterais, dois de cortina e um de joelhos para o motorista.

Mecânica

Apesar de o Toyota Yaris receber os mesmos motores que equipam o Etios, eles foram recalibrados e receberam um novo sistema de exaustão para ter mais potência.

Apenas como opção para o hatch, o 1.3 16V rende 101 cv a 5.600 rpm, quando abastecido com etanol, e 94 cv, a 5.600 giros, com gasolina. O torque máximo nesta configuração é de 12,9 kgfm (com etanol) e de 12,5 kgfm (com gasolina), sempre a 4.000 rpm. Em comparação com o Etios, o ganho foi de 3 cv e 0,2 kgfm de torque com etanol e de 6 cv com gasolina.

Já o 1.5 16V (que equipa todas as versões do sedã) rende 110 cv de potência a 5.600 rpm, quando abastecido com etanol, e 105 cv, a 5.600 giros, com gasolina. O torque máximo nesta configuração, a 4.000 giros, é de 14,9 kgfm (com etanol) e de 14,3 kgfm (com gasolina). Para esta motorização, o ganho de potência também foi de 3 cv e 0,5 kgfm de torque com etanol e de 3 cv com gasolina em comparação com o Etios.

Ambos têm o cabeçote e o bloco de alumínio e duplo comando de válvulas variável.

As opções de transmissão são a manual e automática. A manual é a mesma que equipa o Etios, mas, assim como o motor, foi retrabalhada e, de acordo com a Toyota, tem engates mais precisos. O câmbio CVT que equipa o Yaris é o mesmo do Corolla. Ela permite trocas sequenciais e, neste caso, são simuladas sete marchas. Nas versões XL e XL Plus Tech, apenas pela alavanca.  para as versões superiores XS e XLS, as trocas sequenciais podem ser praticadas também por meio das borboletas localizadas atrás dos volantes.

Dimensões

Com relação às dimensões, o Toyota Yaris possui 4,14 metros de comprimento (4,42 m no sedã), 1,73 m de largura, 1,49 m de altura e 2,55 m de distância entre eixos. A capacidade do porta-malas no hatch é de 310 litros, enquanto no sedã, 473 litros. Já o tanque de combustível comporta 45 litros.

Fotos Toyota | Divulgação

3 Comentários
Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Comentários com palavrões e ofensas não serão publicados. Se identificar algo que viole os termos de uso, denuncie.
  • Avatar
    Fernando Ricardo 11 de julho de 2018

    Não existe carro novo hoje que valha o preço que cobram. Se for assim ninguem compra carro novo. Dito isso, esse é, sem duvida, a melhor opcao do segmento.
    Versao de entrada bem completa. Marca super confiavel. Economico. Enfim…melhor custo x beneficio.

  • Avatar
    Hudson Nilo 8 de junho de 2018

    Tem bons equipamentos de série.
    Mecânica confiável da Toyota.
    Mas mesmo assim ainda não vale o preço que cobram.

  • Avatar
    Anderson 7 de junho de 2018

    Nem o Hrv tem teto solar na versão mais cara. E mesmo com teto solar, consegue ser mais barato que Fit, City e Virtus. Toyota não entrou no cartel. Se ferraram. Tomara que fique em 1o, junto com o Corolla.

Avatar
Deixe um comentário