Nissan irá apresentar tecnologia para controlar carros com a mente

"Meo, isso é muito Black Mirror"

Por AutoPapo03/01/18 às 15h22

A Nissan irá apresentar na Consumer Electronics Show (CES), que abre as portas no próximo dia 7, tecnologia que permite com que veículos sejam controlados por sinais do cérebro. Chamada de Brain-to-Vehicle (B2V), é o último desenvolvimento da Nissan Intelligent Mobility, que tem como objetivo transformar a forma de condução, alimentação e integração à sociedade dos carros.

O condutor usa touca com eletrodos que mede as ondas cerebrais e passa as informações aos sistemas de frenagem, aceleração e direção. A tecnologia de decodificação cerebral prevê ações do motorista e detecta situações desconfortáveis. O ser humano ainda tem o controle “físico” do veículo, mas a inteligência artificial, por meio das ondas, pode prever comportamentos como uma pisada no pedal do acelerador e uma manobra no volante. Os tempos de reação é otimizado em até 0,5 segundos, dependendo da situação.

Nissan lança tecnologia que controla carro pela mente

O B2V também é capaz de detectar e avaliar se o condutor está passando por algum desconforto. Assim, a inteligência artificial pode alterar o estilo de condução quando em modo autônomo. “Quando a maioria das pessoas pensa sobre a condução autônoma, têm uma visão muito impessoal do futuro, onde os humanos abandonam o controle das máquinas. No entanto, a tecnologia B2V faz o contrário, usando sinais de seu próprio cérebro para tornar a unidade ainda mais excitante e agradável”, garantiu Daniele Schillaci, vice-presidente executivo da Nissan.

Nissan lança tecnologia que controla carro pela mente

Segundo a fabricante, o B2V também tem outras aplicações. Uma delas é o ajuste do habitáculo. A tecnologia pode usar realidade aumentada para realizar ajustes no que o condutor está vendo. Tal, de acordo com o pesquisador Lucian Gheorge, faz com que o ambiente se torne mais agradável e relaxante para o condutor. “Meo, isso é muito Black Mirror”!

Ah! Aliás, a antologia chegou à sua quarta temporada, que estreou recentemente na Netflix. A série segue continua tendo como mote satirizar e criticar, num tom obscuro, consequências das novas tecnologias na sociedade. Todos os seis novos episódios antológicos já estão disponíveis no serviço de streaming. Se não conferiu, vale dar uma (boa) checada.

0 Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se identificar algo que viole os termos de uso, denuncie.
Deixe um comentário