Nova picape da Volkswagen é confirmada e será ‘anti-Toro’

Nova picape da Volkswagen ficará posicionada entre a Saveiro e a Amarok e chegará ao mercado no começo de 2020; conceito será apresentado no Salão de SP

Por AutoPapo30/10/18 às 13h40

A Volkswagen divulgou nesta terça-feira (30) a primeira imagem da sua nova picape. A nova picape da Volkswagen será apresentada como carro-conceito no Salão do Automóvel de São Paulo (entre os dias 8 e 18 de novembro).

Nova picape da Volkswagen será opção anti-Toro
Imagem Volkswagen | Divulgação

De acordo com um comunicado da VW, a nova picape da Volkswagen chegará ao mercado no começo de 2020. Ela utilizará a plataforma MQB e será baseada no recém-apresentado T-Cross, novo SUV da marca.

A nova picape, ainda sem nome definido, ficará posicionada entre a Saveiro (compacta) e a Amarok (média), ou seja, disputará mercado com a Fiat Toro e a Renault Duster Oroch.

A nova picape da Volkswagen será produzida no Brasil. A Amarok, que em breve ganhará uma nova geração, continuará sendo feita na Argentina.

Como será a nova picape da Volkswagen?

As informações sobre a nova picape da Volkswagen são escassas. O conceito que será apresentado em São Paulo terá tração integral e, segundo a VW, um “sistema inovador” para ampliar a capacidade de carga da caçamba.

Pelo desenho, a nova picape da VW terá elementos presentes no T-Cross, como a régua que liga as lanternas traseiras. E, de acordo com a marca, ela chegará praticamente sem alterações ao mercado, quando for lançada.

Confira imagens do T-Cross; desenho da nova picape da VW deverá seguir essas linhas

Sobre a motorização, não há qualquer indicativo de qual será utilizada na nova picape da Volkswagen. Hoje, a Volkswagen tem em sua gama de motores TSI (turbo com injeção direta), o 1.4 e o 2.0, com potência que varia 150 cv a 230 cv.

Motor a diesel não deve aparecer entre as opções para a nova picape da Volkswagen. Hoje, no Brasil, o único modelo que a Volkswagen oferece no Brasil com esse tipo de motor é a Amarok, o que poderia provocar uma canibalização da linha.

Vale destacar que a Fiat oferece opção de motor diesel na Toro, mas a FCA, que controla a marca, também o utiliza em seus utilitários da Jeep, Renegade e Compass.

Fotos Volkswagen | Divulgação

24 Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se identificar algo que viole os termos de uso, denuncie.
  • Renan 31 de outubro de 2018

    O design é bonito, o conceito é ótimo, mas vale lembrar que vai passar pelas mãos dos engenheiros, aí ela vai ficar um pouco diferente, daí vai para o corte de custos, aí é que vamos ver como ela realmente será!

  • Aldir Weisner 31 de outubro de 2018

    Camioneta maior que a Saveiro,sem motor diesel eu não compraria,por questão de economia,pouca quilometragem por litro de gasolina.

    • Byron 15 de novembro de 2018

      É meu amigo , falando besteira sem conhecer a tecnologia do motor 1.4 turbo , esse motor além de econômico , é muito forte e anda muito pra quem gosta e pra quem não gosta de acelerar de vez em quando faz 19 km/l andando a 110 km/h !
      Pesquise antes de falar besteira !!!

  • Donizetti Ferreira 31 de outubro de 2018

    Eu ficaria feliz de saber que preço justos e com transparência para o consumidor final são grandes montadoras e elas têm o meu respeito

  • Jarabe de palo 31 de outubro de 2018

    Terrível essa dentadura de baiano ligando.as lanternas..a Porsche já errou e a Volks vai fazer o mesmo..

  • VANDERLEI SANTANA SILVA 30 de outubro de 2018

    A tal anti-toro deveria seguir como derivado do Tiguan ALL space ou então no máximo vai poder ser apenas uma anti-orock e olhe lá.
    Falta ambição nessa pick up assim como também eu admiro muito a Amarok só que ele faltou um pouco de toateg no sangue pra ficar mais agressiva pra pelo menos igualar ao mercado da Hillux com seu derivado da SW4, acho que isso até meio que ajudaria a desencalhar um pouco o toateg.
    E por último, vcs da Volkswagen deveriam me premiar com um dos exemplares do t-cross né, só pra variar kkkkkkkk.

  • Carlos 30 de outubro de 2018

    Montadora ruim detesto Volks não compro nem pela metade do preço da toro.aposto que já vem com problemas no motor como os gols.

    • Andre 31 de outubro de 2018

      Compra Fiat então, e daqui 3 anos teu carro parou de fabricar ou pior se bater o carro a 60km tu morre..vê se a Fiat faz testes de colisão tudo descartável igual a Gm ônix bateu morreu mas o pessoal não pensa, quer saber de valor , na Europa e diferente americanos…ônix Argo na Europa não seriam nem aprovados para serem comercializados, qualidade deficiente tecnologia ultrapassada, argo e Cronos nem o air bag abre se bater fizeram até recall..
      Vai la compra Fiat e desfila com sua família dentro de um carro totalmente inseguro.
      Abraços

  • Aires 30 de outubro de 2018

    Por favor não dá de comparar tecnologia Wolksvagem com fiat.ja tive carro das duas marcas Wolksvagem dá de dez a zero na Fiat.

    • Diego Najera 31 de outubro de 2018

      Verdade, tenho carro das duas marcas, a vw da show na Fiat fácil fácil, é mais caro? É sim, mas a qualidade não se compara.

  • Allan 30 de outubro de 2018

    “anti Toro” não conseguem combater nem a Strada com a Saveiro, imagina a Toro kkkkkk

    • Léo 30 de outubro de 2018

      Não sei se vc sabe mas… Savero ta passando a Strada fui uma diferença de 123 unidades logo logo strada vai ser q nem o palio , descontinuada kk

      • Gnardo 30 de outubro de 2018

        De onde vc tirou esses dados? Tá por fora da realidade.

      • Carlos 30 de outubro de 2018

        Chega de Volks. Estamos no século 21. Detesto

      • Ari costa 30 de outubro de 2018

        Não existe uma só marca capaz de bater em tecnologia a nova Wolksvagem. Lembrar que essa Wolksvagem e a proprietária da Audi. Isso já basta pra deixar Fiat, GM que ao meu ver são veículos meia boca.

      • Ari b costa 30 de outubro de 2018

        Não existe uma só marca capaz de bater em tecnologia a nova Wolksvagem. Lembrar que essa Wolksvagem e a proprietária da Audi. Isso já basta pra deixar Fiat, GM que ao meu ver são veículos meia boca.

      • Victor Machado 31 de outubro de 2018

        VW é dona da Audi, Bugatti, Porsche, Lamborghini, Bentley, Ducatti, SEAT, Skoda, MAM Caminhões e Scania. Ah, tem a parte de caminhões e ônibus tb! Uma vez li em algum lugar que ela tb era acionista da Ferrari, inclusive queria comprar a parte da FIAT, mas nunca fui a fundo para saber se isso realmente era verdade. Se alguém souber e quiser compartilhar conosco…

    • EDER MESSIAS 31 de outubro de 2018

      Isso é verdade a Volkswagen pega muito no sistema de suspensão e já a estrada Ela é bem mais que é forçada na questão da suspensão

    • Byron 15 de novembro de 2018

      Kkkkkkkkkkkkkkk
      Fiat , quando não ferve , pega fogo , tá é loko , Volkswagen sempre a melhor , mas pra quem gosta de bosta é um prato cheio !!!

  • Ricardo Bampi 30 de outubro de 2018

    Não acho que tendo um motor a diesel iria canibalizar a Amarok.

    • Estevao S Brasil 30 de outubro de 2018

      É lamentável esse protecionismo equivocado. Eu estou buscando comprar uma Amarok Cabine Simples 4×4 que infelizmente só vem com o motor de 140cv, mas os 35kgfm de torque já me parecem bem satisfatórios. Visto que estou atualmente com uma Saveiro 1.6 que oferece 15kgfm.
      Apesar de ficar curioso com essa nova pick-up intermediária e com a nova geração da Amarok o melhor pra mim é uma Amarok S Cabine Simples 4×4 2014.

  • Osvaldo 30 de outubro de 2018

    Se colocar essa frente do T Cross, vai encalhar, esse carro já vai chegar morto no mercado
    Para superar o desingn da Toro , não vai ser fácil .

    • Estevao S Brasil 30 de outubro de 2018

      Realmente, para quem aprova o design da Toro é difícil achar a frente do T-Cross bonito.

      Eu particularmente acho que aquela linguagem com excesso de conjuntos óticos sofrível. O que se salva é apenas a lanterna traseira que é aceitável (e mais bonita que outras lanternas por aí) e o DLR fortemente inspirado na Evoque.

    • Byron 15 de novembro de 2018

      Toro parece mais uma nave espacial antiga , pra quê aquele engarrafamento de faróis tá doido , me desculpe mas a Volkswagen deu um salto enorme na frente dos outros é lógico que pra ter um carro com toda essa tecnologia e layout moderno e a altura de carros premium não é pra qualquer um , vão ter que andar de carrocinhas como os carros da FIAT !!!

Deixe um comentário