Novo HB20: já vimos e andamos no compacto da Hyundai

Modelo será lançado no último trimestre deste ano; hatch ficou maior, tem novo desenho e ganhará motor turbo de 120 cv de potência

Por Felipe Boutros 04/06/19 às 12h05
De Namyang, Coreia do Sul

A Hyundai não quer perder tempo: no último trimestre deste ano vai lançar o novo HB20. O modelo foi completamente atualizado e, além do visual inédito, terá como grande destaque a opção de motor turbo com injeção direta de combustível e 120 cavalos de potência.

O veículo continuará sendo vendido nas opções hatch, S (sedã) e X (“aventureira”).

O AutoPapo participou de uma pré-apresentação do modelo, na Coreia do Sul, e não foi autorizado a produzir imagens do novo HB20 – até os celulares foram confiscados! Mas garantimos: ele é praticamente igual ao conceito Saga EV, apresentado no último Salão de SP. As únicas imagens disponíveis são de protótipos camuflados.

novo hb20 frente movimento

Claro que você tem que descontar os exageros estéticos de um carro-conceito. As rodas, por exemplo, serão de 15 ou 16 polegadas, dependendo da versão. As lanternas traseiras continuam invadindo a tampa do porta-malas na versão final do novo HB20 e lembram as do BMW Série 1. As molduras plásticas das caixas de roda aparecerão na versão “aventureira”, X.

hyundai saga ev 3

Quanto ao novo HB20S, a versão atualizada do sedã do compacto da Hyundai, o leitor terá que confiar nas nossas descrição e avaliação: ficou bonita, com uma “pegada” de fastback. A tampa do porta-malas é curta e passa a sensação de ser integrada ao vidro traseiro.

A ideia, segundo Lee SangYup, chefe do centro global de design da marca, era que o terceiro volume do novo HB20 sedã não parecesse um enxerto na carroceria do hatch. As lanternas seguem a solução visual do hatch e invadem a tampa.

Interior e equipamentos do novo HB20

Por dentro, o novo HB20 também foi completamente reformulado. O painel de instrumentos tem um conta-giros analógico e o resto em um mostrador monocromático digital (lembra dos primeiros Onix?). Essa opção deverá ficar restrita às versões mais caras. Nas de entrada, o velocímetro será analógico também.

Outra novidade é a adoção de uma central multimídia de 8 polegadas com tela sensível ao toque e compatível com Apple CarPlay e Android Auto. A tela fica destacada na parte superior do painel. Abaixo, o ar-condicionado tem comandos manuais, mas display digital.

Os bancos foram redesenhados e têm mais apoio lateral. Além disso, têm regulagem de altura – na atua geração, apenas a parte dianteira do assento se move alguns poucos centímetros. O volante também foi redesenhado.

O novo HB20 agregou equipamentos que não são ofertados na gama atual: sistema de prevenção de colisão frontal, sistema de auxílio de permanência em faixa (não é ativo, ou seja, não atua esterçando as rodas), controle de cruzeiro (“piloto automático”), partida sem chave e sistema start-stop. A direção terá assistência elétrica.

O compacto da Hyundai também terá controles de estabilidade e tração, monitoramento da pressão do pneu (TPMS), encosto de cabeça e cinto de três pontos para todos os ocupantes do banco traseiro, câmera de ré (com linhas dinâmicas) e aletas para trocas sequenciais do câmbio automático.

Ainda não há uma definição sobre quais versões do novo HB20 receberão esses equipamentos.

Motorização 1.0 (turbo)

novo hb20 grade

O novo HB20 terá duas opções de motor: 1.0 de aspiração natural e 1.0 turbo com injeção direta, ambos com três cilindros. O primeiro já equipa a linha atual e oferece o mesmo rendimento (80 cv e 10,2 kgfm de torque com etanol). A única diferença é que ele, finalmente, perdeu o tanquinho auxiliar de partida a frio.

A grande novidade é o motor turbo. O compacto até teve uma versão 1.0 sobrealimentada, uma alternativa posicionada entre o 1.0 e o 1.6. Mas suas vendas foram pífias e o desempenho do modelo foi muito criticado.

Agora, o novo HB20 adota um motor turbo que segue a “receita de bolo” e conta com injeção direta. Ele tem 120 cv de potência (rotação não foi informada) e 17,5 kgfm de torque a 1.500 rpm.

A transmissão manual será de cinco marchas para as opções 1.0 aspiradas. Versões com o 1.0 turbo poderão ser manual ou automática, ambas de seis velocidades, mas ainda não há uma decisão comercial da Hyundai no Brasil sobre o assunto.

É uma nova geração?

novo hb20 porta malas

O novo HB20 manteve a mesma plataforma do HB20 atual, mas ela recebeu importantes mudanças: ficou maior, ganhou novos pontos de fixação da carroceria e está mais leve e resistente. A Hyundai garante que o compacto terá mais espaço para pernas, cabeça e ombros.

O hatch ficou 2 cm mais comprido e tem 3,94 metros. A largura cresceu na mesma proporção e tem 1,70 m. Um ganho importante foi no entre-eixos, que passou de 2,50 metros para 2,53 metros. A altura e o porta-malas permaneceram inalterados com 1,47 m e 300 litros de capacidade, respectivamente.

O novo HB20 sedã também ficou mais comprido, ganhou 3 cm somando 4,26 metros. Largura, altura e distância entre eixos têm as mesmas dimensões do hatch. O porta-malas passou de 450 litros para 475 l.

Já o novo HB20X se diferencia do hatch “convencional” pela maior altura total (1,54 metro) e maior vão livre do solo (total de 20,5 cm).

Impressões: como anda o novo HB20

O AutoPapo dirigiu o novo HB20 na pistas de testes do centro de desenvolvimento da marca em Namyang, na Coreia do Sul. As condições foram muito limitadas e as unidades levadas para a pista estavam com camuflagem nas porções dianteira e traseira.

Eram protótipos montados na Coreia. O novo HB20, assim como o atual, será fabricado no Brasil.

Foram dois contatos breves: no primeiro, foi possível acelerar o modelo em duas retas. Não dá para cravar, mas o motor, graças ao torque em baixa, promete animar o compacto.

Em um circuito misto, o controle de estabilidade do Hyundai se mostrou presente, colocando o carro nos trilhos em curvas feitas com mais empolgação que o necessário. Também não foi possível avaliar o interior: protótipos não utilizam o mesmo material que será aplicado aos carros de produção, mas a expectativa é que ele tenha plástico soft touch (macio ao toque) no painel de instrumentos.

Preço do novo HB20

Não há qualquer definição sobre o preço do novo HB20. A expectativa é que ele fique mais caro que a gama atual. O principal concorrente do Hyundai HB20 é o Chevrolet Onix, que também ganhará uma nova geração ainda em 2019. A versão sedã do Chevrolet (antigo Prisma e que se chamará Onix Sedan) será lançada em outubro. Já o hatch será apresentado em dezembro.

Outro concorrente é o Ford Ka que, no ano passado, passou por uma reformulação estética e mecânica sem, no entanto, ganhar uma nova geração.

Fotos Hyundai | Divulgação

Avalie o conteúdo:
PéssimoRuimRegularBomExcelente (13 votos, média: 4,46 de 5)
loadingLoading...
Clique na estrela para avaliar.
8 Comentários
Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se identificar algo que viole os termos de uso, denuncie.
  • Avatar
    Roosevelt Teixeira 3 de agosto de 2019

    Quero saber é se vai continuar beberão!!

    • Avatar
      Luciano 14 de setembro de 2019

      Olha, tive um Unique 2019/2019 por 3 meses e fazia 17km na estrada. Só vendo pq comprei Jeep, porém em carros 1.0 digo com total certeza, é o melhor. Pelo preço e o que o carro oferece. Se pudesse compraria outro só para o dia a dia pois o Jeep acaba sendo gasto maior.

  • Avatar
    valter 11 de julho de 2019

    esse modelo novo ficou horrivel o mas velho e muito mas bonoita

    • Avatar
      Fracaroli 11 de setembro de 2019

      aprenda o bom Português primeiro antes de comentar: “o mas velho e muito mas bonoita” Burro demais você

  • Avatar
    Carloman Araújo 25 de junho de 2019

    Aguardar pra ver os preços nas alturas.

  • Avatar
    EDUARDO 11 de junho de 2019

    Hb 20 esta muito Jaspion.O visual esta ficando cansado,enjoativo.

  • Avatar
    Emerson 11 de junho de 2019

    Soft touch no HB20? Seria inédito na sua categoria e com certeza iria atrair mais “market share” a Hyundai.

  • Avatar
    Sergio Roberto Feliciano 9 de junho de 2019

    Tomara que fique melhor no quesito segurança passiva.

Avatar
Deixe um comentário