Placas Mercosul: saiba como vai ser a do seu carro

Há uma lógica na transformação do padrão atual para o novo; as chapas do Mercosul não serão obrigatórias em todos os veículos

Por Laurie Andrade17/09/18 às 16h00

Desde o dia 11 de setembro, as placas Mercosul começaram a ser adotadas no Rio de Janeiro. Ainda que os fluminenses já possam optar por usar o novo padrão, a obrigatoriedade de sua instalação só vale a partir do 1º de dezembro. A dois meses da mudança em todo o país, será que os motoristas brasileiros sabem tudo sobre as novas placas?

De acordo com a assessoria de comunicação do Ministério das Cidades, a mudança no código alfanumérico seguirá um padrão. O atual proprietário de uma placa ABC 1234 terá como nova combinação a sequência ABC 1C34. Por quê?

Até dezembro as placas respeitam o padrão AAA 0000 (três letras, quatro números) as placas Mercosul, por sua vez, apresentarão quatro letras e três números, na sequência AAA 0A00.

Como será feita substituição

Durante todo o período de transição, enquanto existem alguns Detrans oferecendo as placas Mercosul e outros mantendo as tarjetas tradicionais, será utilizada apenas a faixa de letras de “A” a “J” para o antepenúltimo caractere das chapas, de maneira a permitir a conversão dos emplacamentos e a convivência entre ambos os modelos.

Outra questão é a escolha dos caracteres: caso queira, o proprietário poderá escolher a combinação de números e letras da nova placa padrão Mercosul? Segundo o Denatran,  a possibilidade de alterar o código alfa-numérico da chapa será determinada por cada Departamento de Trânsito (Detran). Portanto, por depender de cada Estado, não é possível afirmar qual será o preço do serviço e se ele estará disponível em todas as unidades federativas.

Regra de conversão para as placas Mercosul

Segundo número da placa atual  Letra correspondente
0 A
1 B
2 C
3 D
4 E
5 F
6 G
7 H
8 I
9 J

O carro com a placa OWS 1010, por exemplo, passará a ter o seguinte conjunto alfanumérico: OWS 1A10.

Placa Mercosul para padrão antigo

A adoção do novo padrão no Rio de Janeiro antes dos demais Estados levou a uma situação inusitada: um veículo que for transferido daquela unidade federativa para outra terá que substituir a nova placa por uma do padrão antigo. Se o proprietário de um carro se mudar do Rio de Janeiro para Santa Catarina (Estado que ainda não adotou o novo modelo), por exemplo, precisará providenciar uma placa do modelo antigo (cinza). Nesse caso, o quinto caractere, uma letra, será transformado no número correspondente.

Não há data limite para emplacar todos os veículos

Agora, trazemos outras peculiaridades das placas Mercosul: ao contrário do que dizia a redação inicial da Resolução número 729/2018, as placas não serão obrigatórias para todos os veículos até 2023. De acordo com o Ministério das Cidades, a adoção das novas tarjetas será imediata para veículos novos, para carros que peçam transferência de propriedade, de domicílio e alteração de categoria. Também podem trocar a placa os motoristas que desejarem usar o novo padrão.

“Não haverá a obrigatoriedade de troca de placas para os veículos que já estão em circulação. Isso quer dizer que um veículo já emplacado poderá circular com o modelo atual até o fim da vida, se permanecer com o mesmo dono e no mesmo município” esclarece a assessoria do Departamento Nacional de Trânsito (Denatran).

A substituição vai acompanhar o ritmo do mercado de novos e usados, sem que haja uma previsão exata para se atingir 100% da frota nacional.

As placas Mercosul já começaram a ser adotadas no Brasil. Contamos o que os motoristas devem saber sobre o novo modelo, que não será obrigatório.
Foto Montagem | AutoPapo

Placas Mercosul são mais onerosas no Brasil

O AutoPapo já explicou que elas vão pesar mais no bolso dos condutores do Brasil que no dos motoristas da Argentina e do Uruguai. Isso porque as placas Mercosul adotadas por aqui desobedecem os paradigmas adotados pelos vizinhos e carregam o brasão da Cidade e do Estado de origem do carro. O que acrescenta a necessidade de que toda a tarjeta seja trocada quando o carro for transferido para outra cidade.

22 Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se identificar algo que viole os termos de uso, denuncie.
  • Regina Paganotti 11 de outubro de 2018

    Está rolando nos grupos de WhatsApp que a nova placa Mercosul não cabe em alguns modelos de carros.
    Inclusive mostrando em vídeos.
    A informação confere?

  • Augusto Cesar Duarte Teixeira 18 de setembro de 2018

    Temer sai do Brasil vai para Venezuela ninguém aguenta mais vc neste pois

  • Glavio 18 de setembro de 2018

    É um absurdo isso quantas vezes mais vamos mexer em nossas placas? Lançaram placa cinza, placa cinza refletiva, placa cinza reflerivas com código de barras agora essa bosta pqp chega da raiva.

  • Valdinei de jesus 18 de setembro de 2018

    Apesar de todo esse roubo , ele tem muita culpa no cartório não.
    O povo que adora apanhar na cara e esquece o que esse monte de ladrão faz com povo brasileiro . Tinha que reunir o Brasil todo e ninguém comparecer em urna oara vota nesse ladrões safado.

  • Godoy 18 de setembro de 2018

    Alguém tem de pagar os 16% de aumento do judiciário.

  • Carlos Eduardo 18 de setembro de 2018

    O Detran obriga nois vistoria o carro cm essa placa nova. Q o posto de vistoria da reduc não tem o selo do município de DC.Estou 2 semana aguardando essa merda de selo…

  • Fernando lima 18 de setembro de 2018

    Quando nao si tem mais como retirar dinheiro Da gente eles inventam, não tem 3 anos essa porra de placa refletiva agora vem com essa porra de placa Mercosul, o que tinham que fazer era asfaltar as ruas pra gente andar avenida brasil um lixo pra andar isso sem falar dos bairros ao redores da cidade que uma calamidade pública esse governantes todos sem tirar nenhum são todos um lixo igual e o comum todo país, si eles comprassem combustível do bolso eu duvido que era esse preço, si usa-se o sus tambem duvido que seria essa merda e si os filhos deles estuda-se em um colégio da rede pública de ensino eu duvido que seria assim ,mais fica ai a minha revolta não vou votar em nenhum desses fdpt que aparecem ,desculpa a todas as pessoas de bem que leem esse comentário.

    • Lucia 18 de setembro de 2018

      Parabéns, mostrou que você é inteligente. Amei

    • Graça 28 de setembro de 2018

      Os Brasileiros são todos babacas,foi SÓ apatecer um cara que diz ser bravo , da tiros que todo mundo fica empolgado , nós brsileiros teria-mos que anular o voto pra mostrar pra esses filhos da puta que não estamos satisfeitos

  • Ismael 18 de setembro de 2018

    Mais um furto e roubo a mão desarmada a toda população. Já não basta tanta corrupção e tanto roubo ao povo e a pátria, agora mais essa.
    IDGNAÇÃO total. Puto da vida 😣

  • Antonio 18 de setembro de 2018

    É muita falta de gestão, pq não ser uma placa padrão. Só para burocratizar, e encarecer…

  • Adriano Turnes da Silva 18 de setembro de 2018

    Isto deveria ocorrer em todo o Brasil de uma vez só, imagina ter como descrito na matéria, sair do RJ para SCe ter q colocar a placa antiga, aí qdo SC adotar a placa nova ter q pagar novamente, é muito dinheiro jogado fora

  • Fernando 18 de setembro de 2018

    Muito complicado ,fui fazer a transferência do meu carro é não tinha a placa e nem a tarefa ….

  • Alexys gregorys 18 de setembro de 2018

    Achei bem bacana..eu vou trocar mesmo sem precisar..porque acho que ficará mais difícil pra multar apenas no olhometro..

  • Luiz Carlos Porto 17 de setembro de 2018

    O Detran acha que a população está nadando em dinheiro.

  • Maurício Busscar 17 de setembro de 2018

    Espero que não seja igual ao kit de primeiro socorros foi obrigatório e depois de um tempo não era mais obrigatório e igual ao extintor que hj também e opcional

  • Ricardo 17 de setembro de 2018

    Aqui no estado do Rio tá uma m! Comprei um carro e tento há duas semanas trocar a placa, por obrigação, mas não consigo

    • Carlos 18 de setembro de 2018

      Você tem até 2023 pra trocar.

      • Paloma 18 de setembro de 2018

        Não sei se leu essa parte: a adoção das novas tarjetas será imediata para veículos novos, para carros que peçam transferência de propriedade, de domicílio e alteração de categoria.

  • Aldo vanio teixeira 17 de setembro de 2018

    Tô doido pra pôr essas placas, só assim me livro um pouco desses guardas corruptos daqui da fronteira do Brasil com Paraguay e Argentina. Com placas parecidas, até eles me pararem,…ja passei kkk

    • CELSO PEREIRA 18 de setembro de 2018

      Mas aqui eles inventaram de colocar o brasão, não viu? Q é pra facilitar para esses guardas…

  • Fabiano Lima Ramos do Nascimento 17 de setembro de 2018

    Brasil dá uma preguiça imensa….

Deixe um comentário