Detalhes das placas Mercosul são questionados por decisão do Contran

Uma nova assembleia será realizada para discutir a implementação das chapas; supressão do chip e QR Code serão analisados pelo Conselho

Por Laurie Andrade 07/03/19 às 11h44

A novela das placas Mercosul parece mesmo nunca ter fim. Após anos de especulações e a poucos meses de sua obrigatoriedade vigorar em todo território nacional, o Conselho Nacional de Trânsito (Contran) ainda não chegou à conclusão de qual é a melhor forma para representar a identidade dos carros brasileiros.

Para tentar dar fim às reflexões e tomar a melhor determinação cabível, o órgão de trânsito publicou, no Diário Oficial da União (DOU), uma decisão que encaminha para estudo prioritário e imediato a nova placa de identificação veicular (padrão Mercosul). De acordo com o documento, os temas a serem analisados pela Câmara Temática de Assuntos Veiculares são:

  • estudar critérios para amplo credenciamento;
  • avaliar supressão do chip;
  • avaliar QRCode;
  • estudar implantação somente em veículos novos;
  • analisar e definir aspectos físicos e técnicos das placas (retrorrefletividade, luminância, cores, caracteres, película, etc); e
  • analisar os custos de toda a cadeia produtiva até o consumidor.

Também foi publicada no DOU dessa quarta-feira (06) uma convocação para uma assembleia geral sobre as placas Mercosul. A Federação Brasileira de Identificação Veicular (Febraive) é quem faz o convite para discutir o assunto.

Vale lembrar que, apesar dos estudos solicitados, as placas Mercosul continuam em vigor e têm prazo final para implementação até 30 junho, como determina a Resolução 770/18.

O presidente Jair Bolsonaro declarou em suas redes sociais que queria acabar com as placas Mercosul. No entanto, o Ministério da Infraestrutura admitiu que não só pretende manter o novo sistema de identificação dos veículos no Brasil, como ainda ampliar o seu uso e melhorar o nível de segurança das informações.

Decisão do Contran questiona chip, QR code e outras especificações técnicas das placas Mercosul. Ainda assim, chapas seguem em vigor no Brasil.

As placas Mercosul já estão presentes nas ruas do Rio de Janeiro, Paraná, Rio Grande do Sul, Amazonas, Bahia, Espírito Santo e Rio Grande do Norte.

Para saber como ficará a placa do seu carro no padrão Mercosul, clique aqui.

Montagem | AutoPapo

Avalie o conteúdo:
PéssimoRuimRegularBomExcelente (Seja o primeiro a avaliar)
Loading...
Clique na estrela para avaliar.
10 Comentários
Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se identificar algo que viole os termos de uso, denuncie.
  • Avatar
    Achiles Pizzolato 2 de agosto de 2019

    Prezados senhores!
    Acho que deveria ser colocada também na placa Mercosul a bandeira do estado de origem e também a sigla! Na minha opinião, não tem sentido constar somente a Bandeira do Brasil!

  • Avatar
    Odivan pereira do nascimento 14 de maio de 2019

    Estamos sendo forçados a pagar mais uma ” taxa” para emplacar nossos carros. Sou contra essa roubalheira. Temos tantos impostos e agora mais essa…. Quando sermos livres de tantas inversões que só ajudam quem fabricará as placas e ao governo …. Nós apenas pagamos e pagamos e pagamos e nunca termos benéfico … Justiça a quem trabalha

  • Avatar
    Odivan pereira do nascimento 14 de maio de 2019

    Estamos sendo forçados a pagar mais uma ” taxa” para emplacar nossos carros. Sou contra essa roubalheira. Temos tantos impostos e agora mais essa…. Quando sermos livres de tantas inversões que só ajudam quem fabricará as placas e ao governo …. Nós apenas pagamos e pagamos e pagamos e nunca termos benéfico …

  • Avatar
    JULIANO HENRIQUE PRADE 19 de abril de 2019

    Tenho um Corolla modelo antigo e aqui no RS querem que eu adapte a placa e a luz por cima do buraco original pois não tem placa com tamanho diferenciado como na cinza 15 % menor que o tamanho padrão.

  • Avatar
    Fett Ferkel 9 de março de 2019

    Sou de opinião, que as placas deveriam ser de propriedade do dono do veículo, e não atreladas ao mesmo.

  • Avatar
    HERLEY M GUIMARAES 9 de março de 2019

    Placa inútil. Provavelmente 99% dos brasileiros jamais viajaram ou viajarão de carro para outros países. Sendo assim, novamente, é dinheiro do contribuinte jogado fora.

  • Avatar
    Eletrônicos 9 de março de 2019

    Olha me desculpe uma vez já fizeram isso todo mundo teve que mudar esta merda já foi gasto um dinheiro desnecessário agora tenqui gastar dinovo com isso dá licença né acaba com isso duavez essa placa feia aí e além do mais é só pra comer nosso dinheiro por isso que tão fazendo isso o governo já não tá rico né até pq deve tar faltando dinheiro no congresso nacional né

  • Avatar
    Izaias 7 de março de 2019

    Que placa horrível

    • Avatar
      marcelo almeida 8 de março de 2019

      Placa horrível? Como se placa de carro tivesse que ser bonita.

      • Avatar
        Izaias 12 de março de 2019

        Ela é muito chamativa, polui o design dos carros, a antiga cinza era mais discreta, quando ver um preste atenção

Avatar
Deixe um comentário