[Recall] Citroën Jumpy é chamado por falha no amortecedor traseiro

Unidades envolvidas foram produzidas entre 6 de setembro de 2017 e 5 de dezembro de 2017; amortecedor pode se soltar com o automóvel em movimento

Por AutoPapo16/10/18 às 10h35

A Citroën convoca os proprietários das unidades do modelo Jumpy produzidas entre 6 de setembro de 2017 e 5 de dezembro de 2017 para recall. Possível defeito no amortecedor traseiro pode colocar ocupantes do automóvel e terceiros em risco.

De acordo com a fabricante francesa, o problema foi causado pelo dimensionamento inadequado do ponto de fixação superior do amortecedor traseiro, que pode desprender parcialmente do amortecedor.

Há possibilidade, então, de danos no sistema de freios e ou combustível do Citroën Jumpy, bem como queda de componentes da suspensão com o furgão em movimento. Situações que podem gerar a perda parcial de frenagem, vazamento de combustível e acidentes graves.

Como solução, a marca propõe a substituição dos amortecedores traseiros da Citroën Jumpy.

Os agendamentos para o reparo, que tem duração média de duas horas, já podem ser realizados pelo site da fabricante ou pelo telefone 0800-011-8088.

Unidades do Citroën Jumpy envolvidas:

  • Data de fabricação: 06 de setembro de 2017 até 05 de dezembro de 2017
  • Chassis : JA000038 até JA001021
Unidades do Citroën Jumpy produzidas entre setembro e dezembro de 2017 foram chamadas para realizar a substituição dos amortecedores traseiros.

Entre janeiro e setembro de 2018, 888 unidades do furgão Citroën Jumpy foram emplacados no Brasil.

0 Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se identificar algo que viole os termos de uso, denuncie.
Deixe um comentário