Troller T4

Na lama, na chuva e na cidade

Por AutoPapo02/04/16 às 18h31

O Troller T4 é praticamente uma instituição. No mercado desde 1996 – nascido como um “dublê” do Jeep Wrangler –, o jipinho é o único modelo da marca, que foi incorporada pela Ford (que, vale lembrar, se aproveitou dos incentivos fiscais da empresa adquirida) em 2007, em produção atualmente. A fabricante se aventurou no ramo das picapes em 2006 com o Pantanal, mas a empreitada foi um fiasco e a Ford/ Troller optou por descontinuar a produção do modelo. Só que é melhor falar de coisa boa, e o T4 bem que tem alguns predicados interessantes.

Fabricado na planta da Troller, em Horizonte, no Ceará, o visual desta encarnação do T4 advém do conceito TR-X, apresentado no Salão de São Paulo em 2012. Apesar do chassis original do modelo, o conjunto mecânico foi herdado da Ranger. O motor é o 3.2 litros Duratorq a diesel que gera 200cv de potência a 3.000rpm e 47,9kgfm de torque entre 1.750 e 2.500rpm. A transmissão é manual de seis velocidades com relação de diferencial de 3,31:1. Com isso, as mais de 2 toneladas do jipe são empurradas com tranquilidade e ainda tem um 0 a 100km/h de 12,9 segundos.

Com bons ângulos de entrada e saída para um off-road (51 graus), o T4 pode se prejudicar no “lamaçal” com seus pneus 255/65 R17 mistos (70% on-road e 30% off-road) e acabar deixando o proprietário na mão. No entanto, o Troller dispõe de opção all-terrain, sem que o consumidor perca a garantia e tampouco a diversão na hora de enfrentar uma boa e velha trilha. Com preço sugerido de R$ 122.442 e um interior esmerado, o T4 pode oferecer conforto para os que querem ficar “tranquilos e favoráveis” nas ruas da cidade e, ao mesmo tempo, proporcionar certa aventura para quem estiver afim de encarar uma laminha numa boa.

0 Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se identificar algo que viole os termos de uso, denuncie.
Deixe um comentário