Essa é versátil

Volkswagen Saveiro é versátil, mas entrega ao comprador o melhor e o pior de dois mundos

Por Sérgio Melo02/06/16 às 17h43

Precisa levar cinco pessoas e alguma carga, mas a grana não dá para uma picape grande? Não abre mão de fazer isso com a praticidade de um automóvel pequeno? A Saveiro cabine dupla é uma boa opção. Mesmo a versão com cabine estendida, com aquele degrau atrás dos assentos dianteiros que muita gente acha que é banco, não pode levar mais que duas pessoas. Na cabine dupla, uma vez homologada para cinco ocupantes, há espaço e segurança para todos.

(Volkswagen/Divulgação)

No assento do motorista e no do carona, bastante conforto, como em qualquer compacto. Porém, no banco de trás não. Como não há porta traseira e os assentos dianteiros não deslizam para frente quando seus encostos são rebatidos, é difícil o acesso de adultos. Não que os joelhos fiquem tão espremidos. O problema é que, embora o teto tenha sido elevado em uma engenhosa solução disfarçada pelo rack, o assento é muito elevado e a cabeça dos mais altos acaba prensada contra o teto.

Há consenso de que o desenho do modelo é bonito e atual. Destaque para a traseira alta e acabamentos em preto, que transmitem impressão de robustez e maior tamanho. Considerando que é um veículo de carga o acabamento surpreende positivamente. Materiais de boa qualidade, com arremates e montagem de fazer inveja a muitos automóveis de passeio na mesma faixa de preço. O forro das portas tem até detalhes almofadados. Há vários porta-objetos e tomadas elétricas, inclusive junto ao assento traseiro.

Mimos

A versão Highline traz de série, entre outros, som com CD e mp3, viva voz para o celular com controles no volante, ar-condicionado, direção hidráulica, faróis de neblina, rack no teto e, vidros, travas e retrovisores elétricos, esse último com ajuste automático ao engrenar a ré para facilitar as manobras. Para a caçamba, iluminação e protetor em plástico reforçado. Como opcionais destacam-se capota marítima, sensor de estacionamento traseiro e rodas em alumínio.

Coração

A Saveiro Highline ainda não traz o moderno motor baseado nas novas tecnologias desenvolvidas para o Volkswagen up!. Apesar de antigo, o 1.6 adotado, com 104 cavalos e bastante força, (15,6 quilos de torque a 2.500 rpm), é agradável e econômico. Responde incrivelmente bem em baixas rotações, aceitando até preguiça de reduzir as marchas sem reclamar. O consumo na estrada foi de 15,8 km/l de gasolina e, de 8,6, em nossos congestionados centros urbanos.

Transmissão

A transmissão, conforme tradição da marca, é suave, precisa e tem boas relações. Especiais elogios para a leveza da alavanca, que chega a permitir mudanças usando apenas o dedo mindinho.

Suspensão e estabilidade

Embora seja um veículo de carga, a suspensão é macia e a estabilidade agrada como em qualquer automóvel de passeio. Apenas com a caçamba carregada, é preciso maior cautela nas curvas.

Freios

Suave e eficiente, com elogiável adoção de discos nas 04 rodas.

Segurança

A lista não é tão grande. A versão Highline traz airbags, cintos dianteiros e laterais traseiros retráteis de três pontos, (infelizmente o traseiro central é subabdominal), acionamento automático do alerta em caso de freada brusca e vidro traseiro com desembaçador. Outros itens como controle de estabilidade e tração, mesmo que apenas como opcionais, seriam bem vindos. Infelizmente a Saveiro ainda não foi submetida a “Crash Test” para ser possível afirmar sobre a sua segurança em colisões.

O estepe sumiu!

O lugar do sobressalente é sob a caçamba, mas depois de estacionar em vias públicas ele pode ter sumido de lá. O sistema de fixação não é seguro e os ladrões aproveitam. O pior é que muitas vezes você só dá falta dele à noite, sob chuva e no meio de uma estrada deserta…

Cobertor de pobre

Como o aumento da cabine veio da diminuição da caçamba o espaço para cargas é pequeno. Desista de levar a moto nesse compartimento. O volume disponível na caçamba da cabine dupla é de apenas 580 litros, ao passo que na versão com cabine estendida de 734 litros e na cabine simples: 924 litros.

Preço

A Saveiro Highline cabine dupla sai por salgados R$ 54.380,00, bem próximo da única concorrente no segmento, a Nova Strada CD da Fiat, com uma porta a mais, mas que transporta uma pessoa a menos, e na versão Trekking custa R$ 53.950,00. Qual o preço de dar carona para os amigos ou levar a família? A Saveiro Trendline Cabine simples, (apesar de menos completa), parte de R$ 40.230,00. A garantia é de três anos para motor e câmbio e um ano para o resto.

Veja mais sobre:


0 Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se identificar algo que viole os termos de uso, denuncie.
Deixe um comentário