Volvo S60 T8 R-Design é sedã puramente esportivo

Versão híbrida do modelo sueco, impulsionada por motor a combustão nas rodas dianteiras e um elétrico no eixo traseiro, tem alto desempenho

Por Paulo Eduardo 31/10/19 às 10h30

A nova geração do sedã médio S60, da Volvo, que pertence aos chineses da Geely, usa a arquitetura SPA. A versão avaliada é híbrida, impulsionada por motor a combustão nas rodas dianteiras e um elétrico no eixo traseiro. Tem desempenho esportivo ao atingir 100 km/h em apenas 4,4 segundos. Impressionante a disposição do conjunto.

Há muita tecnologia com elementos de direção autônoma. Faróis de LED são excepcionais e não ofuscam motoristas à frente ou no sentido contrário. Segurança é obsessão da marca com materiais de alta resistência na carroceria.

Volvo S60 T8 R-Design foto Alexandre Carneiro

Se carro vende pela beleza, o Volvo S60 agrada tanto pelas linhas bonitas da carroceria quanto pelo acabamento e design interior. Materiais de alta qualidade com montagem e encaixes extremamente benfeitos. Desde o painel de linhas limpas com quadro de instrumentos de 12 pol e sistema multimídia Sensus Connect tem tela tátil antirreflexo de 9 polegadas no alto do painel central para controlar navegação, telefone, entre outras. Smartphone compatível com Apple Car Play e Android Auto.

Bancos anatômicos com regulagens diversas, incluindo lombar e prolongamento dos assentos dianteiros e apoios laterais para as pernas. Motorista e passageiro da frente têm o mesmo tratamento no bem-estar. Entretanto, assento traseiro curto baixo é desconfortável, pois não apoia as pernas. Acesso traseiro exige abaixar.

O esmero no acabamento derrapa nas pontas de parafuso perceptíveis na dobradiça central que une as portas à carroceria. Volante tem aro adequado para boa pega, mas revestimento liso provoca deslize acidental. E não são muitos comandos agrupados. Mesmo assim é preciso tirar os olhos da via para acioná-los.

Propulsão híbrida com diferentes modos de condução

Comando rotativo no console central para escolha dos modos de condução. Pure é o modo de condução elétrico e autonomia de 40 quilômetros com carga plena da bateria. Acelerações fortes diminuem autonomia. Hybrid usa motores a combustão e elétrico. Power é o modo esportivo com definições diferentes de acelerador, freios, direção e troca de marchas. E o modo AWD (tração integral) usa os dois motores conforme demanda. Nessa condição, o carro é muito rápido para chegar à velocidade de 100 km/h.

Volvo S60 T8 R-Design foto Alexandre Carneiro

Há um cabo de 4,5 metros para carga da bateria. O tempo de recarga plena é de três horas em uma tomada aterrada de 220 volts e 16 ampères. Tempo de recarga será maior em tomada de amperagem menor. O modo elétrico de 40 quilômetros atende ao uso urbano desde que a pressão seja mínima no acelerador.

Direção bem calibrada com sensibilidade suficiente para sentir a aderência, mas ponto central precisa de melhor definição. Suspensão dianteira tem braço duplo triangular e a traseira totalmente multilink. Mesmo assim as rodas grandes aro 19 e pneus de medida 235/40 tornam rodar desconfortável sobre remendos de asfalto e ondulações.

Conjunto garante comportamento dinâmico excepcional e torna o S60 um dos carros prazerosos de dirigir. Tudo sob controle do motorista. Câmbio automático de oito marchas com conversor de torque tem trocas rápidas. Trocas manuais por aletas no volante.

S60 honra a tradição de segurança da Volvo

Além da segurança física da carroceria, o Volvo S60 vem equipado com diversos itens de segurança semiautônoma. O sistema City Safety tem freio automático e assistência na direção para evitar colisão com veículo em sentido contrário com manobras evasivas. Funciona entre 50 km/h e 100 km/h e ajuda a evitar colisão também contra ciclista, pedestre, animal de grande porte tanto à noite quanto durante o dia; alerta de ponto cego; aviso de saída de faixa com interferência na direção a partir de 65 km/h até 200 km/h.

Volvo S60 T8 R-Design foto Alexandre Carneiro

Sistema de proteção em saída de estrada e proteções contra lesões na coluna cervical e impactos laterais. Recurso de mitigação de pista oposta funciona por meio de frenagem automática a partir de 60 km/h até 140 km/h, e ajuda a diminuir danos de colisão provocados por veículos na contramão. E o controle de velocidade adaptativo com assistente de direção funciona até 130 km/h.

Volvo S60 obteve pontuação máxima no teste impacto do EuroNCAP, com notas altas em todas as situações.

Preço e garantia

Garantia é dois anos e preço sugerido da versão híbrida R-Design é de R$ 269.950.

Ficha técnica Volvo S60 T8 R-Design
Motor de quatro cilindros em linha, 1.969 cm³ de cilindrada, 16 válvulas, turbo, gasolina, de 320 cv de potência máxima a 5.700 rpm e motor elétrico de 87 cv, totalizando 407 cv; torque máximo combinado de 65,3 kgfm de 2.200 a 5.400 rpm
Transmissão tração integral e câmbio automático de oito marchas
Direção tipo pinhão e cremalheira com assistência elétrica; diâmetro de giro, 11,3 metros
Freios disco ventilado na dianteira, e disco sólido na traseira
Suspensão dianteira, double Whisbone, barra estabilizadora; traseira, multilink, barra estabilizadora; altura do solo: 000 centímetros
Rodas/pneus 8 x 19”de liga leve/235/40R19
Peso 2.041 kg
Carga útil (passageiros + bagagem) Não divulgado
Dimensões (metros) comprimento, 4,761; largura, 1,85; altura, 1,431; distância entre-eixos, 2,871
Capacidades (litros) Porta-malas, 442; tanque, 60
Desempenho Velocidade máxima (km/h), 250; aceleração até 100 km/h (segundos), 4,4 segundos
Consumo (km/l) cidade, 21,9 /estrada, 22,53

Fotos Alexandre Carneiro | AutoPapo

Avalie o conteúdo:
PéssimoRuimRegularBomExcelente (2 votos, média: 5,00 de 5)
loadingLoading...
Clique na estrela para avaliar.
1 Comentário
Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se identificar algo que viole os termos de uso, denuncie.
  • Avatar
    Eduardo 3 de novembro de 2019

    Tudo muito bonito, mas a Volvo tem tradição quase nula em motorsport.

Avatar
Deixe um comentário