Borra no motor: óleos modernos diminuem o problema

Mas vale observar que mágica não existe e é necessário tomar certas precauções para essa borra não voltar a afetar o motor do carro

Por Boris Feldman27/07/19 às 07h30

Um leitor do AutoPapo diz que sofreu o problema do óleo que formava a borra no motor do seu carro. E que o problema foi resolvido na época pela sua oficina mecânica e já tem tempos que ele não escuta mais essa reclamação da borra do óleo, que era muito frequente no passado.

Por quê a borra foi extremamente reduzida nos novos motores? Em função de novos aditivos utilizados pelos fabricantes de óleo para o motor, específicos para evitar a formação da borra.

Para quem não sabe, borra é quando o óleo vai se tornando grosso. Ele vai quase que virando uma graxa e adeus lubrificação do motor!

Mas vale observar que mágica não existe. Mesmo com os novos aditivos se o dono do carro não trocar o óleo na quilometragem indicada no manual, pode voltar a borra. E outra possibilidade é a utilização frequente de combustível adulterado.

Borra no motor
Avalie o conteúdo:
PéssimoRuimRegularBomExcelente (2 votos, média: 4,50 de 5)
Loading...
Clique na estrela para avaliar.
Boris Feldman

Jornalista e engenheiro com 50 anos de rodagem na imprensa automotiva. Comandou equipes de jornais, televisão e apresenta o programa AutoPapo em emissoras de rádio em todo o país.

Boris Feldman
1 Comentário
Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se identificar algo que viole os termos de uso, denuncie.
  • Avatar
    Júnior 29 de julho de 2019

    Conheci um médico que me disse que nunca na vida dele trocou óleo de carro nenhum dele, pois era desnecessário segundo ele. Coitado de quem comprou a bomba do carro dele.

Avatar
Deixe um comentário