Carros autônomos: acidentes com Boeings podem prejudicar a imagem deles?

No mês passado, um Boeing 737 Max caiu na Etiópia matando 157 pessoas. Como esse fato pode influenciar a fama dos carros autônomos?

Por Boris Feldman24/04/19 às 06h15

Os acidentes que envolveram os Boeings cheios de recursos eletrônicos podem colocar em cheque a confiabilidade dos carros autônomos?

[TRANSCRIÇÃO]

O big boss mundial da Mercedes-Benz, Herr Dieter Zetsche, disse recentemente que os acidentes com esses dois Boeings 737 Max que caíram, apesar de todas as tentativas dos pilotos para evitar a queda, prejudicaram a imagem do automóvel autônomo. Porque estes aviões foram dotados de uma dose intensa de eletrônica nos comandos, assim como será o carro autônomo.

Mas este ainda será pior do que o Boeing, porque na cabine do avião ainda haviam comandos à disposição do comandante e do co-piloto. No caso do automóvel autônomo mais sofisticado, do nível 5, não haverá comando algum. Nem volante, nem pedais de freio ou acelerador, impossibilitando qualquer interferência do motorista. Aliás, qual motorista?

Carros autonomos
Avalie o conteúdo:
PéssimoRuimRegularBomExcelente (1 votos, média: 5,00 de 5)
Loading...
Clique na estrela para avaliar.
Boris Feldman

Jornalista e engenheiro com 50 anos de rodagem na imprensa automotiva. Comandou equipes de jornais, televisão e apresenta o programa AutoPapo em emissoras de rádio em todo o país.

Boris Feldman
0 Comentários
Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se identificar algo que viole os termos de uso, denuncie.
Avatar
Deixe um comentário