Chevrolet Bolt, elétrico, recebe alterações e terá maior autonomia

A Chevrolet anunciou a chegada do segundo lote, com 50 unidades, do Bolt, um carro totalmente elétrico, ao mercado brasileiro

Por Boris Feldman04/02/20 às 06h15

Aos poucos, o brasileiro vai tomando conhecimento do carro elétrico. E alguns modelos colocados à venda já estão sendo comercializados, apesar do preço elevado, porque ainda faltam, como em outros países, subsídios governamentais para torná-los mais acessíveis. A General Motors vendeu, no ano passado, todo o primeiro lote que importou do Chevrolet Bolt.

O Bolt é um carro médio com motor de 203 cavalos e autonomia de 386 quilômetros. Ela já anunciou a chegada do segundo lote, de mais 50 unidades do Bolt, com pequenas alterações que vão resultar em maior autonomia, que passa para 415 quilômetros.

Quer conhecer melhor o Chevrolet Bolt? Acesse a matéria completa aqui.

bolt ev 2020 traseira
Chevrolet Bolt EV 2020
Boris Feldman

Jornalista e engenheiro com 50 anos de rodagem na imprensa automotiva. Comandou equipes de jornais, televisão e apresenta o programa AutoPapo em emissoras de rádio em todo o país.

Boris Feldman
1 Comentário
Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Comentários com palavrões e ofensas não serão publicados. Se identificar algo que viole os termos de uso, denuncie.
  • Avatar
    José Carlos Lobo Barbosa 4 de fevereiro de 2020

    Este carro elétrico da Chevrolet parece ser muito bom pelo que vi em várias análises comparativas, incluindo a da revista Autoesporte de janeiro de 2020. Contudo, confesso que sou muito fã de minicarros, carros compactos e subcompactos elétricos como o novo Smart ForTwo elétrico no qual estou na expectativa que a Mercedes-Benz o venda o mais rápido possível no Brasil! Tenho um Smart ForTwo coupe 2015 a gasolina e agora desejo comprar um Smart Fortwo elétrico cor preta.

Avatar
Deixe um comentário