Desgaste da embreagem: saiba como acelerar esse processo

O gasto da embreagem depende dos componentes, do carro e do motorista também. Então fique atento nas práticas que desgastam a embreagem

Por BORIS FELDMAN07/10/18 às 07h30

Tem motorista que adora acelerar o processo de desgaste da embreagem. Então, vai aí algumas dicas para você detoná-la. Se não for esse o seu caso, faça tudo o contrário.

[TRANSCRIÇÃO]

Qual é a durabilidade da embreagem eu não sei. Porque depende do peso do carro,da potência do motor, da qualidade dos componentes aplicados, do estilo do motorista e assim por diante. Mas eu tenho três dicas infalíveis para o motorista acelerar o máximo o desgaste da embreagem, acabar com ela o mais rápido possível. E a primeira delas é dirigir com o pé esquerdo sempre apoiado no pedal da embreagem.

Há quem diga que o pé apoiado no pedal não aciona a embreagem e não aumenta o seu desgaste. Mas vá em frente, porque o pé apoiado no pedal é método infalível para acabar rapidinho com ela. Outra dica: sempre que parar o carro num sinal vermelho ou num congestionamento, nada de jogar ponto morto. Deixa a caixa engrenada e o pedal da embreagem pisado lá no fundo.

E finalmente, a melhor de todas as dicas. Toda vez que tiver que parar e ficar alguns segundos numa subida nada de pisar no freio. Vai controlando o carro com o pedal da embreagem e do acelerador, numa inequívoca demonstração de extrema sincronização motora, e também de muito pouco apego ao dinheiro, por parte do motorista.

Desgaste da embreagem

Boris Feldman

Jornalista e engenheiro com 50 anos de rodagem na imprensa automotiva. Comandou equipes de jornais, televisão e apresenta o programa AutoPapo em emissoras de rádio em todo o país.

Boris Feldman

0 Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se identificar algo que viole os termos de uso, denuncie.
Deixe um comentário