Mecânico diagnosticou borra no carro do ouvinte

Borra no cárter? Mas, esse problema não é coisa do passado? O que atualmente causa esse problema no motor do automóvel?

Por BORIS FELDMAN27/06/18 às 23h30

Você sabe como é formada a borra no motor? Esse tipo de problema, que era mais frequente no passado, vez ou outra acaba aparecendo. Entenda o porquê.

[TRANSCRIÇÃO]

Ouvinte do AutoPapo levou o carro a oficina e um mecânico diagnosticou a presença de borra no cárter, e ele pergunta se essa borra já não tinha desaparecido do mapa? No que ele tem razão, pois há tempos não se reclamava desse fenômeno do óleo que ia engrossando, e virava quase que uma graxa, e deixava de lubrificar o motor.

A primeira causa da borra era quando a fábrica reduzira o volume do cárter, o que provocava um superaquecimento do óleo; outra causa da borra era se exigir muito do motor, o que também fazia o óleo subir de temperatura, que antes era de 80°, 90° graus, hoje já está em 110°, 120° graus centígrados. Porém, os fabricantes de óleo capricharam nos aditivos para evitar essa borra e foram bem sucedidos. Resta então uma terceira alternativa, que é o motorista não trocar o óleo conforme recomendação do manual e continuar rodando com ele vencido. Aí é borra na certa.

borra no motor

Boris Feldman

Jornalista e engenheiro com 50 anos de rodagem na imprensa automotiva. Comandou equipes de jornais, televisão e apresenta o programa AutoPapo em emissoras de rádio em todo o país.

Boris Feldman

1 Comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se identificar algo que viole os termos de uso, denuncie.
  • Andre Silva 7 de julho de 2018

    Bom dia; gostaria que me tirassem uma duvida se possivel; tenho um veiculo Polo Sedan 10/11 com 230mil km rodados; uso sempre oleo sintetico pois consta no manual ser ele o indicado para motores com kilometragem superior a 100mil km…Ao menos é oque consta no manual de meu veiculo…Porem muitos me criticam dizendo ser o contrario que eu deveria fazer uso do semi sintetico por ser mais fino; uso o sintetico para kilometragem de 10mil km e sempre troco com no maximo 9mil km ; kilometragem recomendada pelo meu mecanico; uma vez que rodo sempre em estradas e geralmente rodo 800km diarios entre idas e vindas de uma cidade a outra…Aguardo a resposta e desde ja os agradeço….

Deixe um comentário