O carro flex continua gerando ‘fake news’

Mesmo depois de 15 anos no mercado brasileiro, o carro flex é alvo de besteiras ditas por profissionais que deveriam entender do assunto

Por BORIS FELDMAN03/11/18 às 19h30

A besteira da vez,  no quesito carro flex, vem de um profissional que deveria saber o que diz.

[TRANSCRIÇÃO]

Nós já estamos há 15 anos com o carro flex, pois ele foi lançado em 2003. E eu ainda me assusto com as barbaridades ditas até por pessoal de concessionárias, oficinas, especialistas, que têm a obrigação profissional de entender do assunto. A última besteira sobre esse tipo de , vem de um leitor que levou o carro numa concessionária, e o consultor técnico comentou com ele que o Boris está enganado! Não se pode misturar gasolina e álcool no mesmo tanque! Porque os nossos carros são flex, ainda não são mix! Ou seja, o carro mix é que poderia receber etanol e gasolina em qualquer proporção.

E dessa vez, a besteira tem nome: carro mix. O que é uma invenção dele! O nosso carro flex, vamos deixar bem claro, pode funcionar só com álcool, só com gasolina ou com qualquer mistura dos dois combustíveis. É exatamente para identificar qual mistura está vindo do tanque, que existe a sonda lambda no escapamento.

carro flex
Foto iStock

Boris Feldman

Jornalista e engenheiro com 50 anos de rodagem na imprensa automotiva. Comandou equipes de jornais, televisão e apresenta o programa AutoPapo em emissoras de rádio em todo o país.

Boris Feldman

1 Comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se identificar algo que viole os termos de uso, denuncie.
  • Daniel 4 de novembro de 2018

    É por isso que eu considero importantíssimo ler o manual do carro. O fabricante esclarece todas essas questões. O pessoal das concessionárias só querem vender. Quando aparecem problemas inventam de tudo para empurra-lo para outro.

Deixe um comentário