Para-brisa trincado: resolver rápido evita prejuízo maior

Muitas vezes, é possível resolver esse problema sem trocar o para-brisa; porém, o motorista precisa agir rápido

Por Boris Feldman22/07/19 às 06h15

Muitas vezes o para-brisa do carro está trincado de fora a fora, e tudo começou com uma trinquinha pequena, menor do que uma moedinha de um real.

Mas se o motorista tivesse levado o carro para uma dessas firmas especializadas na correção desses pequenos defeitos, o problema estaria resolvido por um custo muito baixo, muito menor do que a substituição de todo o para-brisa.

Isso porque a maioria dos motoristas ignora que aquela pequena trinquinha, com a torção da carroceria, quando o carro vai rodando, o parabrisa também se movimenta, e a trinquinha vai aumentando até virar uma “trincona”. E aí vem um prejuízo na certa: a troca do para-brisa. Segundo prejuízo: a multa que pode ser aplicada por um policial do trânsito, pois trinca no para-brisa é uma infração!

Parabrisa trincado
Parabrisa trincado | Shutterstock
Boris Feldman

Jornalista e engenheiro com 50 anos de rodagem na imprensa automotiva. Comandou equipes de jornais, televisão e apresenta o programa AutoPapo em emissoras de rádio em todo o país.

Boris Feldman
0 Comentários
Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Comentários com palavrões e ofensas não serão publicados. Se identificar algo que viole os termos de uso, denuncie.
Avatar
Deixe um comentário