É verdade que as pastilhas dos freios traseiros duram mais?

Ouvinte questionou porque ao trocar as pastilhas de freio, o mecânico trocou as da dianteira e da traseira. Mas, elas se desgastam com o mesmo tempo?

Por BORIS FELDMAN08/07/18 às 07h30

As pastilhas dos freios traseiros têm a mesma durabilidade das que estão na dianteira? Um ouvinte levou o carro na oficina e ficou na dúvida.

[TRANSCRIÇÃO]

Ouvinte do AutoPapo  ouviu aqui uma explicação a respeito das pastilhas de freio, que as dianteiras sofrem um desgaste muito maior que as traseiras. Isso, obviamente no carro que tem freios à disco nas quatro rodas.  E a explicação foi de que o desgaste na frente é muito superior ao das rodas traseiras, porque quando o carro é refreado, o centro de gravidade se desloca para frente. O esforço feito pelo freio das rodas dianteiras é muito maior que o das rodas traseiras.

E o ouvinte comentou que o  carro dele  já teve as pastilhas de freios substituídas na oficina por duas vezes. E, que em ambas, o mecânico trocou as dianteiras e as traseiras. E, ele pergunta: é isso mesmo? Não, é claro que um dia as traseiras terão que ser substituídas, mas nunca com a mesma freqüência que as dianteiras. A oficina provavelmente trocou, se trocou, as pastilhas traseiras sem necessidade.

freios traseiros

Boris Feldman

Jornalista e engenheiro com 50 anos de rodagem na imprensa automotiva. Comandou equipes de jornais, televisão e apresenta o programa AutoPapo em emissoras de rádio em todo o país.

Boris Feldman

2 Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se identificar algo que viole os termos de uso, denuncie.
  • Carlinho 8 de julho de 2018

    Eu quer mudar o meu carro mas eu vivi em Guiné Bissau

  • Valmir Abrantes 8 de julho de 2018

    Tive um Toyota Corolla por 6 anos e as trocas de pastilhas sempre seguiram essa lógica (troquei mais pastilhas dianteiras do que traseiras), agora tenho um Corolla 2016 e já troquei pastilhas traseiras 2 vezes e ainda não troquei pastilhas dianteiras e o meu carro está com 56.000 km rodados. E conversando na concessionária, no novo Corolla é assim mesmo, as pastilhas traseiras desgastam mais que as dianteiras.
    Não sei se é coincidência, mas o freio do Corolla “antigo” era melhor que o atual…

Deixe um comentário