Peças de reposição: pode ser melhor você mesmo importá-las

Peças de reposição importadas costumam ter preços elevados pelos impostos e outras questões financeiras; a internet pode ser a sua aliada

Por Boris Feldman05/07/19 às 19h30

Se você precisa comprar uma peça de reposição produzida lá fora para o seu carro importado ou nacional, seu preço na concessionária costuma ser elevadíssimo devido aos impostos de importação, ao lucro da fábrica lá fora, da fábrica aqui e mais o da concessionária.

Então pense na possibilidade de você mesmo importar essa peça de maneira legal. Obtenha com seu mecânico o número original da peça ou uma descrição dela. Entre na internet, num desses portais de venda – preferencialmente norte-americanos, com a marca do carro, o modelo, o ano de fabricação, número ou descrição da peça e o número do chassis do seu carro.

Encontrou? Pague a loja com seu cartão de crédito, que ela será remetida para o seu endereço no Brasil. Então, você paga os impostos quando ela chegar.

Peças de reposição
Foto Shutterstock
Avalie o conteúdo:
PéssimoRuimRegularBomExcelente (2 votos, média: 5,00 de 5)
Loading...
Clique na estrela para avaliar.
Boris Feldman

Jornalista e engenheiro com 50 anos de rodagem na imprensa automotiva. Comandou equipes de jornais, televisão e apresenta o programa AutoPapo em emissoras de rádio em todo o país.

Boris Feldman
0 Comentários
Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se identificar algo que viole os termos de uso, denuncie.
Avatar
Deixe um comentário