Conheça o perigo de exceder a rotação máxima do motor

"Meu carro deu um pane no meio da rua, diz o leitor do AutoPapo, mandei rebocar para a concessionária e o diagnóstico foi: motor estourado"

Por Boris Feldman26/01/19 às 07h30

Forçar o motor até a rotação máxima é um perigo para o bom funcionamento do mesmo. Entenda porque é melhor não excedê-la:

[TRANSCRIÇÃO]

Meu carro deu um pane no meio da rua, diz o leitor do AutoPapo, mandei rebocar para a concessionária e o diagnóstico foi: o motor estourado e um orçamento gigantesco. Ele quis saber o por quê? E informaram pra ele que o motor superou o giro máximo, que a rotação do motor foi além dos 6.500 rpm, que é o máximo da rotação no carro dele. E ele pergunta: como passar de giro se, quando eu estou acelerando o carro, existe um sistema automático na injeção que não deixa o ponteiro entrar na faixa vermelha, o combustível é cortado  e o motor não vai além do giro máximo permitido?

Ele está desconfiado que isso é uma desculpa furada da concessionária. Mas, a oficina pode estar com razão, pois existe realmente um dispositivo que evita que o motor vá além do giro máximo, quando o motorista está acelerando. Entretanto, no automóvel com câmbio manual, se o motorista reduz a marcha de quinta para a segunda, por exemplo, dependendo da velocidade do automóvel, o motor vai subir de rotação muito além da permitida. Então, ele quebra mesmo, exigindo uma substituição ou uma retífica. Qualquer uma das duas, muito caras.

Portanto, automóveis modernos com câmbio automático, isso não acontece. Mas, com câmbio manual o motorista tem que ter cuidado pra não engatar a marcha errada e subir muita rotação a ponto de estourar o motor.

rotação máxima

    * Publicado originalmente em 23/05/18

Avalie o conteúdo:
PéssimoRuimRegularBomExcelente (2 votos, média: 3,00 de 5)
Loading...
Clique na estrela para avaliar.
Boris Feldman

Jornalista e engenheiro com 50 anos de rodagem na imprensa automotiva. Comandou equipes de jornais, televisão e apresenta o programa AutoPapo em emissoras de rádio em todo o país.

Boris Feldman
4 Comentários
Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se identificar algo que viole os termos de uso, denuncie.
  • Avatar
    Júlio Gabriel 30 de maio de 2019

    Todos os motores a partir de 2010 tem o sistema de cortar combustível para não estourar o motor

  • Avatar
    ian 25 de abril de 2019

    eu fiz isso num clio que eu tinha tava com 4 mlm a rotação subiu tanto pq engatei uma terceira no lugar da quinta que o ponteiro foi no 7, acendeu a luz de injeção e vazou um pouco de óleo pq estourou o retentor do girabrequim mas o motor continuou pelo até os 70 mkm quando então vendi o carro mas o motor estava impecável como novo, acho que renault é muito resistente, pois nunca vi um renault queimando óleo, acho que os motores são semi indestrutíveis, assim como o fire da fiat

    • Avatar
      Júlio Gabriel 30 de maio de 2019

      Todos os motores Fire tem esse sistema de cortar combustível pra não estourar?

  • Avatar
    ian 25 de abril de 2019

    eu fiz isso num clio que eu tinha tava com 4 mlm a rotação subiu tanto pq engatei uma terceira no lugar da quinta que o ponteiro foi no 7, acendeu a luz de injeção e vazou um pouco de óleo pq estourou o retentor do girabrequim mas o motor continuou pelo até os 70 mkm quando então vendi o carro mas o motor estava impecável como novo, acho que renault é muito resistente, pois nunca vi um renault queimando óleo, acho que os motores são semi indestrutíveis, assim como o fire da fiat

Avatar
Deixe um comentário