Pneus com poucos frisos são um perigo na pista molhada

Dirigir com pneus quase carecas ou totalmente lisos é assumir o risco de uma acidente grave, principalmente em pistas molhadas

Por Boris Feldman21/08/18 às 20h30

Têm muitos motoristas que aproveitam o tempo seco para continuarem a rodar com pneus com poucos frisos ou até “carecas”. Mas, quando vier as chuvas, esse quebra-galho pode ser fatal.

[TRANSCRIÇÃO]

Nas corridas de Fórmula 1, ou em outras categorias, na pista seca os pneus são absolutamente liso, os chamados slick. Mas, no asfalto molhado as equipes correm é para trocar os pneus pelos frisados ou biscoitinhos. Entretanto, como eu presumo que você não tenha um Fórmula 1 na garagem, saiba que no seco ou no molhado os seus pneus devem sempre ter um friso mínimo com espessura de 1,6 milímetro.

E saiba também que se o seu pneu já estiver chegando nesse limite mínimo, quase careca, e ainda quebra o galho no asfalto seco, num dia de chuva o risco de um acidente é muito grande. Isso porque são exatamente esses frisos que tiram a água que fica entre o pneu e o asfalto. Sem eles a aderência fica comprometida e, na hora de uma freada ou de uma curva mais apertada, quem vai passar aperto é o motorista.

pneus com poucos frisos
Avalie o conteúdo:
PéssimoRuimRegularBomExcelente (Seja o primeiro a avaliar)
loadingLoading...
Clique na estrela para avaliar.
Boris Feldman

Jornalista e engenheiro com 50 anos de rodagem na imprensa automotiva. Comandou equipes de jornais, televisão e apresenta o programa AutoPapo em emissoras de rádio em todo o país.

Boris Feldman
0 Comentários
Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se identificar algo que viole os termos de uso, denuncie.
Avatar
Deixe um comentário