Quando se recomenda desligar o controle de estabilidade?

Por BORIS FELDMAN20/05/18 às 19h30

O  Controle Eletrônico de Estabilidade é um dos dispositivos mais importantes atualmente nos automóveis. E, assim como outros, usá-lo ou não fica a critério do motorista. Mas, é preciso ficar atento aos riscos.

[TRANSCRIÇÃO]

Existem alguns destes novos dispositivos eletrônicos de segurança que permitem serem desligados pelo motorista, para isso basta acionar um botão no painel. Um deles é o ESC ou ESP, o Controle Eletrônico de Estabilidade. Quando ele é desligado aparece uma luzinha de alerta no painel com o desenho da traseira de um carro e com as marcas de um zigue-zague pela estrada, ou seja, cuidado pois o carro está sem esse controle e poderá derrapar numa curva.

O que deixa uma dúvida em vários motoristas: em que condições eu posso ou devo desligar esse dispositivo? Só mesmo em situações muito especiais, como um profissional testando algum componente do carro, ou quando o automóvel está numa estrada com neve. Ou seja, a rigor, jamais desligar o Controle Eletrônico de Estabilidade.

O Controle Eletrônico de Estabilidade
(Ford/Divulgação)

Boris Feldman

Jornalista e engenheiro com 50 anos de rodagem na imprensa automotiva. Comandou equipes de jornais, televisão e apresenta o programa AutoPapo em emissoras de rádio em todo o país.

Boris Feldman

2 Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se identificar algo que viole os termos de uso, denuncie.
  • Alexandre Caldeira 18 de junho de 2018

    Em cidades como São Paulo por exemplo, me admira ninguém se atentar para a extrema necessidade de desligar o ESC em áreas de alagamento que o motorista não tem outra opção a não ser enfrentar… passei por tal situação para constatar que o sistema inviabiliza a passagem por identificar a perda de aderência causada por leve flutuação do veículo, e mesmo com possibilidade de desligar 100% o sistema no meu veículo Renault RS , o tempo para resolver a situação não me permitiu desligar e tomei iniciativa de abrigar o veículo numa rampa de entrada de uma garagem salvando assim nossas vidas e o veículo.

  • Fabricio Menezes 31 de maio de 2018

    A rigor o sistema de estabilidade não deve ser desligado em nenhuma condição de vias públicas, muito menos em caso de neve em que a baixa aderência resulta na parte de estabilidade e consequentemente perda do controle do veículo. O que pode ser desligado em condições específicas (como neve e areia) é o controle de tração (já existem veículos com modos de condução para diferentes tipos de terreno contemplando uma calibração específica ao controle de tração), que apesar de estar contido no mesmo sistema do ESC, é uma função que atua em condições de uso diferentes. Desligar ESC só em pista de corrida e por piloto experiente 😉

Deixe um comentário