[Ouviu na rádio?] Recall da Takata: mais três modelos envolvidos

Se o seu carro está envolvido no "recall da Takata", fica o alerta: não deixe de fazer o reparo!

Por BORIS FELDMAN03/04/18 às 21h56

Os recalls envolvendo airbags da Takata não param! Inclusive, levaram a empresa japonesa a falência, devido ao enorme volume de carros envolvidos. Se o seu carro está envolvido no “recall da Takata”, fica o alerta: não deixe de fazer o reparo! As consequências podem ser fatais.

[TRANSCRIÇÃO]

Calcula-se que já esteja em cerca de 100 milhões o número de automóveis chamados para recall em função dos airbags defeituosos da Takata; o suficiente, aliás, para quebrar essa empresa japonesa que era a maior fabricante do mundo de airbags. Agora mesmo mais três modelos foram chamados de volta para as concessionárias: Ford Ranger 2005/2006, outros dois também chamados agora: Chrysler 300C, produzidos em 2009 e 2010, e o Jeep Wrangler, produzido em 2013.

Não brinquem com esse recall, porque se esses automóveis se envolvem num acidente, o airbag em vez de salvar vidas, pode matar ou ferir os ocupantes do carro.

Recall da Takata não para

Boris Feldman

Jornalista e engenheiro com 50 anos de rodagem na imprensa automotiva. Comandou equipes de jornais, televisão e apresenta o programa AutoPapo em emissoras de rádio em todo o país.

Boris Feldman

0 Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se identificar algo que viole os termos de uso, denuncie.
Deixe um comentário