Para não fracassar, Salão de SP terá mais tecnologia

A Reed Alcântara Machado, que organiza o Salão do Automóvel de São Paulo, prometeu levar mais tecnologia para compensar as marcas que saíram.

Por Boris Feldman19/02/20 às 06h15

O Salão do Automóvel de São Paulo, marcado para novembro deste ano, está, assim como outros pelo mundo, correndo o risco de não acontecer pela debandada de várias marcas. Elas fizeram as contas e ficaram em dúvida se vale mesmo a pena investir os milhões exigidos para um evento desse.

Já negaram presença a BMW, a Mini, Toyota, Lexus, Hyundai, Jaguar, Land Rover, Volvo, Peugeot, Citroën, JAC e GM. Mas a Reed Alcântara Machado, que organiza este Salão, está fazendo das tripas coração para tentar reverter essa debandada e evitar que as outras sejam contaminadas por essa decisão.

Seus organizadores prometem uma mudança radical em sua feição, trazendo muita tecnologia e interação com o público.

salao automovel sp 2018 2020

Foto Divulgação

Boris Feldman

Jornalista e engenheiro com 50 anos de rodagem na imprensa automotiva. Comandou equipes de jornais, televisão e apresenta o programa AutoPapo em emissoras de rádio em todo o país.

Boris Feldman
0 Comentários
Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Comentários com palavrões e ofensas não serão publicados. Se identificar algo que viole os termos de uso, denuncie.
Avatar
Deixe um comentário