Virtus GTS é o primeiro sedã da VW a receber a sigla esportiva

O novo Volkswagen Virtus GTS não virou um foguete, mas ganhou um desempenho agradável para quem gosta de esportividade

Por Boris Feldman14/02/20 às 08h30

No mês passado a Volkswagen apresentou o Polo GTS. Agora, chegou a vez do sedã esportivo: o Virtus GTS. Que assim como o Polo, ganhou um motor 1.4 de quatro cilindros, 150 cavalos. Vinte e dois cavalos a mais que o 1.0 três cilindros.

O carro não vira um foguete, mas tem aquele desempenho arisco que tanta gente gosta. Além da mecânica, o Virtus GTS recebeu várias apimentadas estéticas e mais requinte no interior.

Entre os muitos mimos eletrônicos, um comando no console que permite ao motorista escolher o modo de condução: econômico, normal, sport ou individual. No modo esportivo, até o som do motor ganha em desempenho.

E um outro charme: o painel digital com várias opções de relógios, inclusive um cronômetro para, por exemplo, marcar a aceleração de 0 a 100 km/h.

painel virtus gts esportivo

Foto Volkswagen | Divulgação

Boris Feldman

Jornalista e engenheiro com 50 anos de rodagem na imprensa automotiva. Comandou equipes de jornais, televisão e apresenta o programa AutoPapo em emissoras de rádio em todo o país.

Boris Feldman
1 Comentário
Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Comentários com palavrões e ofensas não serão publicados. Se identificar algo que viole os termos de uso, denuncie.
  • Avatar
    Ronald 14 de fevereiro de 2020

    Caro amigo, não vamos esquecer do saudoso Voyage Sport. Um verdadeiro esportivo dos anos
    90.

Avatar
Deixe um comentário